Menu
Menu
Busca domingo, 14 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Cidade

Vendeu o veículo? Saiba como fazer comunicação online no Detran-MS

Procedimento é rápido, simples e evita transtornos como, multas, responsabilidade por acidentes e cobrança de tributos

10 julho 2024 - 08h25Luiz Vinicius     atualizado em 10/07/2024 às 12h05
Melhores do Mundo - Jul24

A responsabilidade de avisar o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) quando é feita a venda de um veículo é do ex-proprietário. Se por acaso, o comprador não efetivar a transferência para seu nome, a comunicação de venda é a garantia para que sanções e penalidades com a má utilização do veículo não caiam sobre o vendedor.

Com os serviços digitais do Detran-MS, a comunicação de venda pode ser feita ou consultada diretamente no site Meu Detran. Na página inicial, basta selecionar a opção “Veículos”, e escolher o submenu “Comunicação de Venda”. Será necessário preencher as informações do veículo em negociação, os dados do vendedor, e os campos com informações do comprador. 

Além de ter responsabilidade solidária por multas que possam ocorrer, e até mesmo ter a sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa, a depender do tipo de infração cometida, caso não faça a comunicação de venda, o vendedor continua sendo o responsável por manter a regularidade do veículo, ou seja, por taxas que ainda serão geradas como IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e Licenciamento.

O Art. 134 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estabelece que, no caso de transferência de propriedade, expirado o prazo de 30 dias sem que o novo proprietário tenha tomado as providências necessárias para emitir o novo Certificado de Registro de Veículo, o antigo proprietário deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal, no prazo de 60 (sessenta) dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

Esse instrumento é a única forma que o vendedor tem para evitar ser responsabilizado por atos cometidos após a entrega do veículo, até que o novo proprietário efetive a transferência. Além das multas, pontos e impostos, o proprietário que consta nos registros do órgão de trânsito também poderá vir a responder por acidentes ou crimes com o veículo.

Reportar Erro
Melhores do Mundo - Jul24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Hamburguer de metro já com bacon e salsicha
Cidade
Desafio do 'Hamburgueiros do MS' pode criar o hambúrguer mais pesado do Brasil
Governo de Mato Grosso do Sul anuncia leilão on-line de veículos
Cidade
Governo de Mato Grosso do Sul anuncia leilão on-line de veículos
Projeto - HMCG
Saúde
Ação Popular põe em xeque a construção de hospital municipal em Campo Grande
Viajantes terão mais oportunidades para explorar novos destinos.
Cidade
Decola MS: Estado tem mais quatro voos nacionais diretos
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz libera mudança de ex-chefe de licitações preso em operação em Sidrolândia
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas
Fiscalização tenta coibir ações clandestinas
Cidade
Saiba como deixar viagem mais segura nas férias com orientações da Agems
Aeronave levou dois rins e um fígado para Brasília
Cidade
Governo de MS mobiliza aeronave para garantir transplante de órgãos
Cachorro Benjamin
Cidade
Viu o Benjamin? Cachorro foi visto pela última vez na UFMS
Paulo Fernando é substituído na Agetec
Cidade
Paulo Fernando é substituído na Agetec

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
Maria Eloir Flores Vilante -
Interior
Cargo fantasma rende condenação de vereadora em Mato Grosso do Sul
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
Geral
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
E o frio persiste em Mato Grosso do Sul
Clima
Frente fria ganha 'sobrevida' e impõe mínima de 8°C nesta sexta-feira em MS