Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Desemprego de longo prazo tem alta de 42,4% entre 2015 e 2019

Brasileiros que procuram trabalho há pelo menos dois anos já somam 3,3 mi

18 junho 2019 - 14h16Rauster Campitelli, com informações do R7

O número de brasileiros que procuram trabalho há pelo menos dois anos chegou a 3,3 milhões no primeiro trimestre de 2019. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (18) pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada). Considerados desempregados de longo prazo, o contingente é 42,4% superior em relação ao mesmo período de 2015, primeiro ano da recente recessão da economia brasileira.

Uma das responsáveis pelo estudo, a técnica de planejamento e pesquisa do Ipea, Maria Andréia Parente Lameiras, disse que o mercado de trabalho é "o pior retrato" da crise econômica enfrentada no país, sendo os trabalhadores menos escolarizados e as famílias de menor renda os mais afetados.

"Estamos com o mercado de trabalho ainda muito deteriorado, embora nos últimos meses a gente veja alguma reação. Mas a crise tem dificultado a geração mais forte de postos de trabalho", afirmou Maria. "Além de reagir depois da economia como um todo, a reação [do mercado de trabalho] costuma ser muito lenta no começo", explicou.

O estudo do Ipea analisou dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Conforme o levantamento, as mulheres são mais afetadas do que os homens pelo desemprego de longo prazo, e 28,8% das desempregadas estão nesta situação há pelo menos dois anos. No caso dos homens, o percentual é de 20,3%.

Os trabalhadores do Norte e do Nordeste sofrem mais com o desemprego de longo prazo do que os do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e os moradores de regiões metropolitanas estão mais expostos a isso do que os das áreas não metropolitanas, segundo o levantamento.

Os pesquisadores apontam ainda que a massa de desempregados que procuram trabalho há pelo menos dois anos cresce mais rápido entre os jovens. Apesar disso, na faixa etária de 40 anos ou mais, 27,3% dos desempregados estão nesta situação.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Opção de saque do FGTS será "reversível", diz fonte do governo
Economia
Dois anos após reforma trabalhista, contribuição sindical cai 95%
Economia
Café com Negócios abordará construção de uma imagem pessoa de sucesso
Economia
Há 25 anos, Semalo é reflexo de superação no MS
Economia
Intenção de consumo das famílias tem queda de 1,7% em julho
Economia
Petrobras baixa gasolina em R$ 0,03
Economia
Dólar cai a R$ 3,729, menor valor registrado em quase 5 meses
Economia
Medidas sobre FGTS e PIS/Pasep serão anunciadas na próxima semana
Economia
Na Argentina, Guedes afirma que o governo vai liberar 35% do FGTS
Economia
PIB tem retração de 0,8% no trimestre encerrado em maio, mostra FGV

Mais Lidas

Polícia
Em grave acidente adolescente perde os pais e fica ferido
Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo