Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Impostômetro da ACICG registra marca de R$ 700 bilhões

O imposto pago ao governo federal chegou a marca nesta terça-feira

09 abril 2019 - 11h15Da redação com assessoria

O Impostômetro da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) registrou na manhã desta terça-feira (9), às 9h30, a marca de R$ 700 bilhões, valor que representa o total de multas, taxas, contribuições e impostos pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. 

De acordo com a Associação, em 2018, esse montante foi arrecadado seis dias mais tarde, em 15 de abril. Em Mato Grosso do Sul, somente neste ano, a cifra de impostos pagos ao governo estadual já chega a R$ 7 bilhões. Marca alcançada sete dias mais tarde no ano passado. 

“No Brasil ninguém gosta de pagar imposto e a razão é muito simples: não é possível identificar o retorno desses recursos extraídos da economia. O aumento da arrecadação, além de gerar uma insatisfação dos agentes produtivos, também tem como resultado a redução da capacidade de crescimento do PIB”, analisa o economista-chefe da ACICG, Normann Kallmus. 

 

 

 

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Financiamento imobiliário com taxas diferenciadas é anunciado pelo BB
Economia
Índice de confiança do empresário tem alta pelo 3º mês seguido
Economia
Fiems apresenta aos militares do exército potencial econômico de MS
Economia
Coaf muda para o Banco Central
Economia
Abertura de empresas tem melhor resultado desde 2013 em MS
Economia
Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep
Economia
Com recursos bloqueados, Exército pode cortar um terço dos recrutas
Economia
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
Economia
Instituições reduzem previsão para déficit nas contas públicas
Economia
IBGE divulga queda da taxa de desemprego no país

Mais Lidas

Geral
Servidor público comete suicídio com cinto
Brasil
Vídeo mostra momento em que sequestrador é executado pelo BOPE
Polícia
Antes de suicídio, PM desabafa em carta de despedida
Geral
Mãe vende carreteiro para custear cirurgia de filha com cranioestenose