Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 99647-9098
TJMS topo
Economia

Refis Natalino: Por causa do movimento, senhas serão entregues até as 18h

Até o momento 2.8 mil pessoas passaram pela central do IPTU

05 dezembro 2019 - 17h15Joilson Francelino e Jonathas Padilha

O movimento de contribuintes em busca de regularização com a prefeitura é grande na Central do IPTU, na tarde desta quinta-feira (5), último dia para aproveitar as condições do Programa de Pagamento Incentivado (PPI), também conhecido como Refis Natalino.

Ao JD1 Notícias, a chefe da divisão de arrecadação, Djanira Magalhães, afirmou que na última semana o movimento cresceu muito. “São em média 2 mil pessoas por dia desde segunda-feira”, informou. Desde as primeiras horas do dia até agora já passaram pela central mais de 2.800 pessoas. De acordo com o secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, a expectativa é atender mais de 4 mil contribuintes até o fim do dia.

A expectativa é passar de R$ 10 milhões em arrecadação. Por causa de o movimento ter aumentado hoje, as senhas que serão distribuídas até as 18h.

A oportunidade atrai contribuintes de todas as idades, é o exemplo do estudante Lyneguer Matos, 23 anos. Ele tem uma dívida de 4 anos e é a primeira vez que participa do programa. O jovem chegou cedo e aguarda na fila com aproximadamente dez pessoas a sua frente. "Só espero chegar em casa até 19h", disse.

A auxiliar de manutenção Deusedete Sena do Carmo, 60 anos, não se agradou com o desconto oferecido a ela. "Pouco desconto, R$20,00 só", disparou. Já a administradora Karen Balle, 33 anos, tem a expectativa de conseguir um bom desconto para pagar a vista.

Refis Natalino

Os créditos tributários e não tributários abrangidos por este programa poderão ser quitados das seguintes formas:

- À vista com a remissão de 90% (noventa por cento) da atualização monetária, dos juros de mora incidentes sobre o valor do crédito tributário e multa, quando houver; 

- Parcelado ou reparcelado, observado o máximo de 6 (seis) parcelas com remissão de 75% (setenta e cinco por cento) da atualização monetária, dos juros de mora incidentes sobre o valor do crédito tributário e multa, quando houver;

- Parcelado ou reparcelado, observado o máximo de 12 (doze) parcelas com remissão de 30% (trinta por cento) da atualização monetária, dos juros de mora incidentes sobre o valor do crédito tributário e multa, quando houver.

Na hipótese do interessado optar por regularizar seus débitos na modalidade de parcelamento ou reparcelamento na adesão e homologação do PPI, o valor mínimo da parcela não será inferior a R$ 50,00 (cinquenta reais) para pessoa física e de R$ 100,00 (cem reais) para pessoa jurídica, observados os procedimentos existentes na legislação que regulamenta a matéria.

Assembleia - Mais ALEMS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Senado define data de votação do auxílio de R$ 600 para trabalhadores
Economia
Saiba quem pode obter auxílio de R$ 600 do Governo Federal
Economia
Governo anuncia R$ 40 bi para socorrer micro e pequenas empresas
Economia
Prazo do Refis Estadual é ampliado
Economia
Previsão do Banco Central aponta crescimento zero no PIB brasileiro
Economia
Coronavírus: Desemprego na construção preocupa sindicato de trabalhadores
Economia
Reinaldo prorroga prazos da Escrituração Fiscal Digital e certidão negativa de débitos
Economia
Governo do Estado libera R$ 2,4 milhões de recursos para os municípios
Economia
Confira as alterações nas Loterias da Caixa devido ao coronavírus
Economia
Gol e Azul fazem corte de 90% em voos diários

Mais Lidas

Polícia
Motorista foge da polícia e só para após acidente
Tecnologia
Universidade cria aplicativo que informa pessoas com coronavírus
Polícia
Homem ameaça jovem, da facada em sobrinho e é parado por testemunhas
Saúde
Com 5 novos casos, MS tem 36 pessoas com coronavírus