Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Economia

Vereador vai à Assembleia pedir mudança na distribuição do ICMS

O parlamentar defende o fortalecimento das pequenas cidades

09 julho 2019 - 14h51Joilson Francelino, com informações da assessoria

O vereador por Glória de Dourados, Júlio Buguelo, pediu nesta terça-feira (9) a intervenção dos deputados estaduais para mudança na distribuição do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), aos municípios.

Júlio destacou que a luta é por um rasteio mais justo às pequenas cidades. “As pesquisas mostram que as cidades como Glória de Dourados, que tem 10 mil habitantes, estão sendo prejudicadas e estão sem condições de fazer melhorias, por mais que sejamos muito produtivos”, afirmou o vereador.

O parlamentar explicou que isso de isso se deve à forma de emissão de notas que são emitidas pelas indústrias, que por sua vez ficam localizadas nos grandes centros e que com isso agregam o valor adicionado ao montante que é distribuído pelo ICMS. “Ou seja, por mais que Glória de Dourados detenha 65% da produção da suinocultura ou outra cidade vizinha tenha maior parte da produção de cana, é em Dourados que os produtos são beneficiados e é lá que recebe a maior parte da distribuição do ICMS. Dourados acaba recebendo a maior parte do valor por atender as 35 cidades da macrorregião”, explicou.

Por mais que recebam a maior parte, o vereador disse que as grandes cidades também são prejudicadas, pois são a elas que a população das pequenas cidades recorrem, desde as indústrias, até saúde, emprego e educação. “Dourados também pede socorro. Está ficando catastrófica. O melhor era fortalecer a pequena cidade, melhorando a distribuição do recurso com base na produção primária e por isso peço o apoio de vocês”, sugeriu.

O deputado Eduardo Rocha (MDB), 1º vice-presidente que presidiu a sessão de hoje, agradeceu a visita do vereador e concordou com o parlamentar. “Essa é a preocupação da maioria dos municípios e vamos também lutar por isso junto à bancada federal”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Com vetos, Bolsonaro aprova projeto de socorro financeiro a estados e municípios
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais
Economia
Refis: contribuinte poderá negociar dívidas à distância
Economia
Câmara aprova Refis com 100% de desconto em juros e multas
Economia
Caixa paga segunda parcela de auxílio emergencial nesta terça
Economia
Prefeitura da capital abre inscrições para feira online de artesanatos
Economia
Ao Vivo - Prefeitura apresenta balanço das finanças deste ano
Economia
33% dos negócios comandados por mulheres faliram durante pandemia
Educação
MEC adia prazo de inscrição do Enem para 23h59 de quarta-feira, 27 de maio
Economia
Itaú aprovou mais de R$ 5 bi em empréstimos novos para 300 mil clientes

Mais Lidas

Polícia
“Deep Ceught”, polícia está nas ruas contra pedofilia em MS
Economia
Com vetos, Bolsonaro aprova projeto de socorro financeiro a estados e municípios
Clima
Dia terá máxima de 26ºC com névoa seca na capital, diz Inmet
Geral
Auxílio emergencial: Saiba quem recebe 1ª e 2ª parcela nesta quinta