Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Educação

Premiação de concurso de redação será realizada na terça-feira na Uniderp

Iniciativa contemplará os estudantes com bolsas de estudo integral e parciais no ensino superior

03 dezembro 2018 - 18h17Da redação com assessoria

A Fundação Manoel de Barros realiza nesta terça-feira (4), a premiação do 3º Concurso de Redação “Um Passeio com Manoel”, feito com alunos do 3º ano do Ensino Médio da rede estadual de Campo Grande.

A iniciativa contemplará os estudantes com bolsas de estudo integral e parciais no ensino superior. A cerimônia acontece às 9h, no auditório do bloco 5 da Uniderp.

O concurso contou com a participação de 59 escolas da rede estadual e reuniu 2.780 redações, que foram corrigidas por uma comissão de especialistas. “Os textos foram julgados por um grupo formado por seis professores graduados em Letras, dois representantes da Academia de Letras e dois da Secretaria de Educação do Estado”, explicou o diretor da Fundação Manoel de Barros, Marcos Henrique Marques.

Os jurados selecionaram as 40 melhores versões, de 20 escolas, e os finalistas já podem ser consultados no site http://www.fmb.org.br. Os autores das dez melhores redações serão anunciados durante a cerimônia e os três primeiros colocados ganharão bolsas de estudo para o ensino superior, sendo 100% para o 1º lugar, 75% para o 2º e 50% para o 3º.

Para o reitor da Uniderp, apoiar iniciativas como essa é ajudar a transformar vidas sul-mato-grossenses. “A educação abre caminhos, por isso, queremos contribuir com a formação profissional oportunizando o ingresso no ensino superior e aumentando as chances de empregabilidade, o que possibilitará um futuro mais promissor a esses jovens”, esclarece Taner Douglas Alves Bitencourt.

A redação com o tema "A importância da leitura no contexto social”, o concurso “Um Passeio com Manoel” estimulou o desenvolvimento da escrita e o interesse pela leitura, além de auxiliar como treinamento para Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

“Fizemos uma proposta diferente nesta edição, pois o critério foi produzir um texto no mesmo formato pedido na prova do Enem, ou seja, o estilo dissertativo-argumentativo. Além disso, a redação deveria estar conectada ao contexto social e respeitando os direitos humanos”, expôs Marcos. Os estudantes fizeram as redações em suas respectivas escolas, sob a supervisão de um professor, no dia 31 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Defensoria debate aulas presenciais, nas escolas públicas, nesta sexta
Educação
Bolsonaro nomeia Marcelo Turine como reitor da UFMS
Educação
Definida nomeação de Turine como reitor da UFMS
Educação
UFGD abrirá inscrições para vestibular com 982 vagas, na segunda-feira
Educação
Ministro da Educação diz que por ele aulas estariam de volta amanhã
Educação
Fies: Confira as regras para vagas remanescentes no 2º semestre
Educação
Prefeitura prorroga aulas remotas na rede pública de ensino municipal
Educação
Entidade é contra retomada de ensino infantil
Educação
UEMS divulga resultado preliminar da prova de títulos
Educação
Inscrições para bolsas remanescentes do Prouni começam amanhã

Mais Lidas

Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital
Geral
Sexta-feira terá live de Gusttavo Lima e Daniel, Duda Beat e Nando Reis
Cidade
Mais de 5 mil aulas para 1º CNH foram realizadas de forma online em MS
Política
Chapa do PSDB quer “dar voz” a sociedade