Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Esportes

Após pressão da torcida, Conselho do Palmeiras aprova 'Diretas Já'

02 outubro 2012 - 09h52Sergio Barzaghi / Gazeta Esportiva

O conselho do Palmeiras aprovou por unanimidade, na noite desta segunda-feira, a proposta que dá ao sócio palmeirense a opção de votar para as eleições presidenciais do clube a partir de 2014 (ano que não haverá eleição para o cargo máximo da diretoria). Todos os 191 conselheiros presentes na Academia de Futebol votaram a favor das diretas, projeto defendido de maneira semelhantemente unânime pela torcida.

A aprovação das eleições diretas significa uma mudança histórica no Palmeiras. O próximo pleito, marcado para janeiro de 2013, não deverá ocorrer desta maneira, já que não haveria tempo hábil para organizar o processo. Dessa forma, somente em 2015, já que o mandado para o cargo máximo da diretoria da equipe de Palestra Itália é de dois anos.

A vitória das "Diretas Já" por unanimidade surpreende. O ex-presidente Mustafá Contursi, que se mostrara contrário ao projeto anteriormente, manifestou-se a favor no pleito desta segunda-feira, marcado pela presença de cerca de 400 torcedores na porta da Academia de Futebol. O grupo de palmeirenses posicionados à frente do Centro de Treinamento da equipe exigia a aprovação do novo método para definir o presidente.

Agora com a aprovação do Conselho Deliberativo, anteriormente visto como o único entrave para a entrada da democracia no Palmeiras, a definição para as eleições diretas do Palmeiras partem para os associados, maiores interessados na nova proposta. No pleito que reunirá os sócios do clube, marcado para o próximo mês de novembro, o "sim" desta segunda-feira precisará ser repetido por 50% dos votantes.

Os cerca de 400 torcedores presentes na porta da Academia de Futebol apoiaram de maneira pacífica a aprovação da eleição direta. Com faixas a favor do método e também contra o atual presidente, Arnaldo Tirone, os palmeirenses permaneceram no local até às 21h (de Brasília), momento em que se encerrou a espera para o início da reunião desta segunda-feira.

No pleito, 191 membros do Conselho Deliberativo se apresentaram, já 93 não estiveram na reunião. As grandes ausências foram o ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo e Paulo Nobre, candidato derrotado por Arnaldo Tirone na última eleição. Ambos apresentaram motivos pessoais para não comparecerem à Academia de Futebol.

Depois da aprovação das "Diretas Já", seis emendas de regulamentação sobre o projeto, que definirá democraticamente o presidente palmeirense, seriam votadas na reunião desta segunda-feira. Contudo, o mandatário do Conselho Deliberativo, José Ângelo Vergamini, suspendeu os trabalhos para o dia 22, após alguns conselheiros iniciarem um bate boca e tornarem o clima do local tenso. Nestes 15 dias, as propostas serão novamente analisadas.

Via Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos

Mais Lidas

Oportunidade
Funtrab oferta vagas para babá, copeiro, engenheiro e outras na capital
Geral
"O corpo é o de menos”, diz jovem no Dia Nacional da Luta PCD
Geral
“Só sintomas leves”, diz Reinaldo ao JD1
Internacional
Vídeo: Mulher dança reggaeton sobre caixão do namorado