Menu
Busca segunda, 18 de fevereiro de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Afastamento de Tânia coloca Paschoal Leandro na marca do pênalti para presidir TJMS

O CNJ pediu afastamento de Tânia Borges, das funções de desembargadora e presidente do TRE-MS

10 outubro 2018 - 18h28Da redação

O afastamento da desembargadora Tânia Borges, ocorrido na terça-feira (9), por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), terá uma consequência direta na sucessão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS).

A vez era de Tânia, mas devido ao incidente  ela não será mais, em seu lugar, deve ser aclamado o próximo na fila por antiguidade que vem na sequencia , o desembargador Paschoal Leandro.

Paschoal já foi vice-presidente da casa e também presidente interino. A eleição está marcada para o próximo dia 31.

Biografia

Paschoal Carmello Leandro, nasceu em Corumbá, em 1949. Bacharel em ciências jurídicas pela Faculdade de Direito de São Carlos, passou em concurso público para a magistratura e foi nomeado juiz substituto em 1983, sendo designado para a comarca de Aquidauana.

Em 1984 foi promovido para juiz de direito e atuou em Rio Brilhante, Jardim e Campo Grande. Em 2005 foi nomeado desembargador por merecimento. Exerceu o cardo de presidente interino e vice-presidnete do TJMS.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Bernal perde no STF e segue inelegível
Geral
Gestão de Nova Alvorada tem 40% de péssima avaliação em pesquisa Ranking
Geral
Morre, aos 68 anos, o sanfoneiro Dino Rocha
Geral
Campo Grande está entre as dez capitais com pessoas mais felizes, aponta revista
Geral
Boechat morreu de politraumatismo, aponta laudo do IML
Geral
PM e PF apreendem contrabando de celulares avaliado em R$ 3 milhões
Geral
Confira dicas para não descuidar das finanças no Carnaval
Geral
Aplicativo Sine Fácil passará por reformulação
Geral
Agepan vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal
Geral
Técnicos do programa "Criança Feliz" recebem certificados

Mais Lidas

Polícia
Desaparecimento de jovem ainda é um mistério para a polícia
Saúde
Câncer de ovário tem sintomas discretos e pode evoluir rapidamente
Geral
PM e PF apreendem contrabando de celulares avaliado em R$ 3 milhões
Geral
Boechat morreu de politraumatismo, aponta laudo do IML