Menu
Menu
Busca terça, 23 de julho de 2024
TJMS Jul24
Geral

De mudança para MS, mãe faz denúncia após não conseguir matricular filha em Rio Verde

Segundo a escola, Gabriela Medeiros teria que ir pessoalmente na cidade onde morava buscar a transferência: "eles não aceitam por email"

24 junho 2024 - 16h05Brenda Leitte

Morando há poucas semanas na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, no interior de Mato Grosso do Sul, Gabriela Medeiros diz não conseguir matricular a filha em uma escola da cidade, por falta de suporte da unidade de ensino e do Conselho Tutelar. Ao JD1, ela relatou que a Escola Municipal Em Polo Mariza Ferzelli não aceita a documentação necessária via email.

"Minha filha está sem estudar desde que nos mudamos, pois não tenho a transferência da escola dela antiga, que fica em Presidente Prudente (SP)", iniciou.

À reportagem, ela explicou que já entrou em contato com a escola onde a criança de 7 anos estudava o 2º ano do ensino fundamental, para que mandem a transferência da menina. "A escola lá está de acordo de mandar por email a transferência para essa nova escola, mas a secretaria não quer aceitar, sendo que em Campo Grande a escola aceita. Porque no interior é diferente? Isso dificulta a nossa vida", questionou a mãe.

Gabriela afirma estar enfrentando essa situação há 11 dias. "Estão dificultando a matrícula da criança. Já entrei em contato com Conselho Tutelar aqui da cidade também e eles não deram nenhum suporte, dizendo que ela vai ficar sem frequentar a escola mais um mês se eu não ir pessoalmente em São Paulo buscar a transferência. Estão se recusando a aceitar o contato da escola de SP para resolver a situação", disse ela.

O JD1 entrou em contato com a escola Escola Municipal Polo Mariza Ferzelli, que preferiu não falar sobre o assunto. A reportagem também procurou pela Prefeitura de Rio Verde e o Conselho Tutelar do município, mas não teve retorno até a publicação desta matéria.

 

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp. Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no IOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Coca-Cola/Femsa
Geral
Coca-Cola oferta capacitação para empreendedoras do ramo de alimentos
Bora apostar? Mega-Sena sorteia R$ 61 milhões nesta terça-feira
Geral
Bora apostar? Mega-Sena sorteia R$ 61 milhões nesta terça-feira
Foto: Ilustrativa
Interior
MP investiga tráfego de canavieiros na BR-497 e ligação com acidentes em Paranaíba
Imortal, Ana Maria Machado, conduzirá palestra de julho na ASL
Geral
Imortal, Ana Maria Machado, conduzirá palestra de julho na ASL
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Justiça
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Foto: Divulgação Raia/Drogasil
Geral
Grupo de farmácias abre 12 vagas exclusivas para pessoas com deficiência em MS
TJ derruba decisão que barrava gastos de R$ 1,8 milhão para eventos em Anastácio
Interior
TJ derruba decisão que barrava gastos de R$ 1,8 milhão para eventos em Anastácio
Arma localizada que teria sido usada no tiroteio e na morte de Silas e Aysla
Justiça
Por risco à sociedade, TJ nega soltar motorista de App envolvido em morte de adolescentes
MS teve aumento de 55% nos abates bovinos em 2024, aponta Novilho Precoce
Economia
MS teve aumento de 55% nos abates bovinos em 2024, aponta Novilho Precoce
Aparecida Graciano de Souza é acusada de homicídio qualificado -
Justiça
Desembargadores decidem manter presa idosa acusada de esquartejar marido em MS

Mais Lidas

Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital
Kauã morreu horas após dar entrada no hospital
Polícia
Adolescente esfaqueado pela própria mãe morre em hospital de Campo Grande
Aeroportos, como o de Madri, na Espanha, foram os locais mais afetados com o apagão
Geral
Apagão cibernético 'para o mundo' e deixa bancos, aeroportos e serviços inoperantes
Joe Biden
Internacional
Joe Biden desiste da campanha à reeleição