Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Depois de corte de energia, moradores bloqueiam rodovias na capital

Eles reivindicam a posse de uma área invadida há dois anos

11 julho 2019 - 15h33Joilson Francelino

Os dois sentidos das rodovias BR-163 e BR-262, foram bloqueados por manifestantes no início da tarde desta quinta-feira (11), em Campo Grande.

Os pontos de interdição se concentram próximos à rotatória que liga as duas rodovias à avenida Guri Marques, centenas de pessoas estão no local reivindicando a posse de uma área no bairro Paulo Coelho Machado e regularização de água e energia.

O local foi alvo de uma operação da Energisa, com o apoio do Batalhão de Choque, nesta manhã contra o corte de “gatos” que deixou 1.200 famílias sem energia. O desligamento da rede de energia aconteceu na área que fica ao lado do conjunto habitacional construído pela empresa mexicana Homex, que abandonou o empreendimento, em 2016.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar acompanham a manifestação e negociam a liberação das pistas. Os manifestantes pedem a presença de representante da prefeitura ou da Energisa.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Centro Cultural oferece 48 vagas gratuitas para curso de Ballet
Geral
Vídeo - Idosa de 93 anos faz sucesso empinando pipa
Geral
Nelsinho será palestrante durante a 71ª SBPC
Geral
Bradesco tem agência exclusiva para recadastramento de servidores
Geral
Francês atravessa o Atlântico em um tonel e história vai virar livro
Geral
Reinaldo proíbe fornecimento de canudos de plástico no estado
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Geral
Menino acha fóssil gigante de 8 milhões de anos
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Geral
ACICG organiza campanha de recuperação de créditos

Mais Lidas

Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos