Menu
Busca quinta, 27 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Esperando pela cirurgia da mãe, filho "acampa" em estacionamento do HR

"A cada dia que passa minha mãe vai enfraquecendo, ela não tem tempo de ficar esperando", relata o filho

31 janeiro 2019 - 18h13Marcos Tenório

O motorista Lucileide Oliveira Gomes, 41 anos, junto com a sua esposa Flaviana Rodrigues da Silva Gomes, 38 Anos, vieram de Chapadão do Sul, e resolveram instalar uma rede no estacionamento do Hospital Regional em Campo Grande, para esperar que seja feita a cirurgia de sua mãe, uma idosa de 70 anos que está internada na unidade há mais de um mês, após sofrer ataque cardíaco.

Dona Onorina de Jesus Gomes está em estado grave e precisa, urgentemente, realizar uma cirurgia no coração, ela já foi informada pelo filho que o procedimento tem 50% de chances de dar certo e mesmo assim quer realizar a cirurgia.

Lucileide está no local desde o dia 10 de janeiro, quando veio ficar no lugar do seu irmão, e desde então já são 21 dias no local sem nenhuma resposta por parte do hospital, e no dia 9 de fevereiro tem que voltar a trabalhar.

“Minha mãe infartou dia 21 de dezembro, e desde então ela está internada aqui no Hospital Regional, o estado de saúde dela é grave, por isso ela está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)”, ressaltou Lucileide

Desde então ele tem tentado resolver a situação da sua mãe, Lucileide informou que conversou com o diretor administrativo do hospital na última quarta-feira (23), e foi informado que não tinha material para realizar a cirurgia, e dentro de 15 dias chegaria e assim teria como realizar o procedimento, mas na última terça-feira (29) conversou novamente com o diretor, que disse a mesma coisa. O motorista relatou que ficou sem uma resposta definitiva.

"A cada dia que passa minha mãe vai enfraquecendo, ela não tem tempo de ficar esperando", ressalta Lucileide.

Flaviana disse que já foram atrás da Defensoria Pública, mas precisam levar um laudo para que possam dar entrada nos procedimento para que possa autorizar a cirurgia, mas os papeis não foram entregues pelo médico responsável.

A esposa de Lucileide vai voltar amanhã (1°) com seu filho para Chapadão do Sul e ele ficará até que sua mãe seja operada e receba alta médica. Durante o dia, ele passa na rede, esticada no local e à noite dorme na caminhonete.

Assembleia para todos - junho-19

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
O conjunto normativo eleitoral brasileiro e a proposta de sistema distrital misto
Geral
Fulano di Tal encerra mostra com a obra “A Fabulosa História do Guri-Árvore”
Geral
Sorteio dos 602 apartamentos será transmitido pela internet
Geral
Inflação da construção civil sobe para 0,44% em junho, diz FGV
Geral
“Objetivo é demonstrar nossa contrariedade à reforma da previdência”, diz Sinpol
Geral
Exposição fotográfica "Olhares do Boêmio" acontece na Câmara
Geral
Termina desassoreamento do lago menor no Parque das Nações
Geral
Homem morre após sofrer acidente em rodovia
Geral
Oposição vence eleição à prefeitura em Istambul
Geral
Licenciamento de placas com finais 4 e 5 devem ser pagos nesta semana

Mais Lidas

Geral
Sorteio dos 602 apartamentos será transmitido pela internet
Polícia
Helder Molina, o “Dom Molina”, morre em Campo Grande
Polícia
Garoto tem cabeça esmagada por caminhão boiadeiro
Internacional
Foto de pai e filha afogados na fronteira mexicana retrata crise migratória