Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Destinatário deverá autorizar emissão de GTA, antes do embarque

Medida faz parte de um projeto de modernização proposto pela Iagro para oferecer maior segurança ao produtor

25 dezembro 2018 - 15h00Da redação com assessoria

A partir do dia 2 de janeiro de 2019 o trânsito de bovinos em Mato Grosso do Sul terá nova dinâmica. Com a instalação de um novo módulo no sistema da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), o e-Saniagro, antes de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) para liberar a movimentação de bovinos os estabelecimentos rurais que irão recebê-los deverão emitir uma autorização.

Segundo o diretor-presidente da Iagro, a medida faz parte de um projeto de modernização proposto pela Agência para oferecer maior segurança ao produtor no momento em que realiza a movimentação dos seus animais para outra propriedade.

A portaria, publicada no Diário Oficial do Estado – edição nº 9.802 – oficializa a instalação no sistema e-Saniagro de um módulo de autorização de trânsito para as espécies bovina e bubalina entre propriedades rurais localizadas no Estado considerando a necessidade de realizar um controle efetivo das movimentações desses animais. Fica obrigatório, portanto, que o registro da autorização do trânsito seja realizado pelo produtor rural destinatário dos animais antes da emissão da DTA/e-GTA, pelo remetente.

O produtor rural solicitante da autorização do trânsito (destinatário) deverá informar a Inscrição Estadual da propriedade rural de origem, a quantidade e o sexo dos animais.

Ainda segundo a portaria, não será permitida a emissão de DTA/e-GTA ao produtor rural caso o estabelecimento de origem não esteja autorizado a realizar a emissão do documento para a movimentação dos animais. O diretor-presidente esclarece ainda que a autorização de trânsito não será solicitada caso a movimentação ocorra entre propriedades rurais do mesmo produtor.

Quanto as autorizações de trânsito emitidas nas unidades locais da Iagro, ele explica que elas deverão ser impressas para a assinatura do produtor (solicitante ou representante legal) e depois serão arquivadas. “A relação com todas as autorizações de trânsito emitidas por propriedade rural ficará disponível no sistema, o que dá maior transparência às atividades realizadas junto à Agência”, finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Brasil será representado por jovemde 15 anos em fórum na Bélgica
Samila coordenou projeto-piloto sobre discriminação contra crianças e adolescentes
Geral
Após bater em rotatória, universitário capota veículo em Ponta Porã
Geral
Amigos se reúnem para cozinhar e promover o bem em projeto social
Geral
Estado libera R$ 871 mil para recuperação de avenida de Dourados
Geral
Festival de gastronomia alia conhecimento e cultura sul-mato-grossense
Geral
Aral Moreira: revisão eleitoral e cadastramento biométrico seguem até o dia 24
Geral
MS é líder em número de projetos cadastrados para leilão de energia
Geral
Palestra gratuita com Gil Giardelli aborda Inovação e Tecnologia para MPE’s
Geral
Concurso para procurador municipal: confirme seu local de prova
Geral
Longen recebe desembargadores do TRT

Mais Lidas

Opinião
De dois erros não se faz um acerto
Polícia
Jovem é morta a tiros em Ponta Porã e corpo é encontrado em estrada
Geral
Após bater em rotatória, universitário capota veículo em Ponta Porã
Economia
Após Bolsonaro falar em demissão do presidente do BNDES, diretor renuncia