Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

Mais Social: Estado avança com visitas e emissão de cartões

As visitas em domicílio das equipes do Mais Social já passaram pela Comunidade do Mandela, e cidades do interior do Estado

09 junho 2021 - 09h12Sarah Chaves com informações da Assessoria

As equipes da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), continuam as visitas domiciliares, com checagem de dados, e nas tratativas para emissão dos cartões e entregas aos beneficiários pelo Programa Mais Social.

“É um trabalho que tem demonstrado o quanto as equipes do Mais Social estão empenhadas em realizar uma busca sólida, rápida e efetiva das famílias que precisam do benefício. Entre a criação do programa e o momento em que estamos, já organizamos várias linhas de visitação, além das tratativas com o Banco do Brasil para a efetiva emissão e entrega dos cartões. É um trabalho de muita responsabilidade e que exige uma atenção detalhada para fazermos o bom uso e a correta aplicação dos recursos públicos. A estimativa é que mais de R$ 182 milhões por ano sejam investidos pelo Governo do Estado no Mais Social. Um montante expressivo, com até 100 mil famílias beneficiadas”, descreveu a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

As equipes do Mais Social, nos 79 municípios de MS, trabalham diariamente nas visitas domiciliares. Com os cuidados necessários, devido ao cenário de pandemia, as equipes percorreram na Capital, por exemplo, a comunidade do Mandela, com a verificação e validação de dados dos futuros beneficiários. Cidades do interior do Estado, como Dourados e Corumbá, também têm planos específicos de visitação diária.

O momento é de últimos testes de emissão do cartão que será feito pelo Banco do Brasil, como conferência de layout e dados, para que não aconteçam erros na hora da entrega e posterior utilização pelo beneficiário.

Mais Social

O Mais Social é um auxílio pensado pela equipe do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional. O programa vai pagar R$ 200 mensais para beneficiários que têm renda mensal familiar per capita inferior a meio salário mínimo. 

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo: Nativas pega fogo, mas incêndio já está controlado
Geral
Jovem de 24 anos morre 73 dias depois de acidente de trânsito
Geral
Mulher recusa atendimento após capotar veículo na BR-060
Geral
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
Geral
Marcelo Bertoni, será o novo presidente da Famasul
Geral
Carreta da Justiça retoma atendimentos nesta segunda-feira
Geral
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
Geral
PF pede indiciamento de Trutis em quatro crimes após concluir que ele simulou atentado
Geral
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões em sorteio deste sábado
Geral
Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em fevereiro

Mais Lidas

Polícia
Mulher é levada para dentro da mata por bandidos e morta com tiro na cabeça
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS