Menu
Busca quinta, 30 de novembro de 2023
(67) 99647-9098
Camera Zap Nov23
Geral

JD1TV: Manifestantes bloqueiam vias e pedem revisão de votos em Campo Grande

Com interdições em várias vias do Estado e do Brasil, bolsonaristas afirmam que houve "fraude" nas urnas

31 outubro 2022 - 11h49Evelyn Thamaris e Sarah Chaves

A semana iniciou caótica nas estradas de Mato Grosso do Sul, Campo Grande é uma das que amanheceu com bloqueios realizados por cidadãos civis em conjunto com caminhoneiros que não aceitam o resultado democrático das eleições para presidente e pedem revisão de votos sob alegação de que as urnas foram fraudadas.

Na manhã desta segunda-feira (31), eleitores do atual presidente Jair Bolsonaro fecharam o trecho da BR-163 na Capital, próximo ao shopping Bosque dos Ipês. Com montes de terra, troncos de madeira e carros atravessados, o trânsito está parcialmente interrompido. “Eu acho que foi roubado essa eleição e a gente vai reivindicar isso aí, revisão de votos, tudo”, disse Augusto, caminhoneiro há 26 anos, presente no local durante esta manhã.

Conforme apurado pela equipe de reportagem do JD1, os manifestantes pretendem manter os bloqueios por pelo menos 72 horas, como afirmou um deles, no entanto, alguns veículos estão sendo liberados. “A gente quer alguma manifestação do presidente Bolsonaro, esperando ele falar alguma coisa. A gente quer um parecer do nosso governante para ver o que vai fazer", disse Augusto.

“Não concordo com a urna, é claro que foi roubado. Tá claro que essa Justiça tem partido político. Que democracia é essa que os poderes favorecem um candidato, não existe isso!”, declara um rapaz presente no local que se diz morador da região e descontente com o resultado.

Outras pessoas presentes afirmam que as urnas devem ser revistas e auditadas publicamente, pois segundo eles está claro que houve manipulação e roubo na contagem de votos, o que teria favorecido o candidato eleito. “Tem que descobrir a falha, pois que ‘teve teve’. Aqui é uma resistência civil, tem calheiro, caminhoneiro, pedreiro, marceneiro, sorveteiro, tem de tudo, aqui é uma paralisação brasileira, não é de uma classe”, ressalta o arquiteto Sergio Luiz Machado de 48 anos.

Dentre as várias alegações estão a de que os manifestantes representam todo o povo e de que não se trata de paralisação de caminhoneiros. Afirmam representar um ideal geral daqueles que não querem um "país comunista" e sim o direito à liberdade. A maioria que está nas barreiras, alega que permanecerá no local até receberem um posicionamento direto de Bolsonaro.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local e organiza o fluxo do trânsito. Em atualização as condições na BR-163, o trecho está fechando, com passagem apenas para veículos de emergência e carga viva.

Bloqueios

Conforme as últimas atualizações da PRF, até o momento foram identificados 6 loqueis em Mato Grosso do Sul e quatro em Campo Grande. Confira locais e condições:-BR 163, km 490, quantidade de manifestantes 60; (Campo Grande): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. Equipe PRF no local.

BR 163, km 550, quantidade de manifestantes 50; (Bandeirantes): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. Equipe PRF no local.

BR 163, km 614, quantidade de manifestantes 100; (São Gabriel do Oeste): Veículos pequenos passando por dentro da cidade. Equipe PRF no local.

  • BR 163, km 679,9, quantidade de manifestantes 30; (Rio Verde de Mato Grosso): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. Equipe PRF no local.
  • BR 163, km 767, quantidade de manifestantes 20 (Coxim): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. Equipe PRF no local.
  • BR 060, km 191,7, sem informação da quantidade de manifestantes (Camapuã): Completamente interditado.
  • BR 262, km 383,7, quantidade de manifestantes 10 (Terenos): Veículos pequenos passando por dentro da cidade. Equipe PRF no local.
  • BR 163, km 466, sem informação da quantidade de manifestantes (Campo Grande): Completamente interditado.
  • BR 163, km 489, um caminhão atravessado sobre a pista impedindo o fluxo (Campo Grande): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. 
  • BR 060, km 368, sem informação da quantidade de manifestantes (Campo Grande): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem. Equipe PRF no local.
  • BR 267, km 365, sem informação da quantidade de manifestantes (Maracajú)): Veículos de emergência e carga viva com livre passagem.                                                                                                                                                         
  • BR 158, Km 95, sem informações da quantidade de manifestação (Paranaíba) Equipe em deslocamento. Não interditado.                     
  • BR 158, KM 04 (Cassilândia) - sem informações da quantidade de manifestantes, Fechado para veículos de carga, apenas passando veículos de passeio e emergência.
  • BR 163, km 256, sem informação da quantidade de manifestantes (Dourados): Completamente interditado.
  • BR 163, km 206, caminhões se concentrando (Caarapó): Livre passagem.
     

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Asilo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Plaenge lança linha do tempo para "contar história" da empresa
Geral
Hemosul inaugura brinquedoteca para crianças com hemofilia
Geral
Buraco das Araras, atrativo turístico de Jardim, ganha prêmio de sustentabilidade
Geral
Dia da Onça-Pintada: Arauco registra animal em área de conservação em MS
Geral
"Giradinha" do maior navio de cruzeiro a navegar no Brasil chama atenção na web
Geral
Roda gigante gera polêmica após denúncia e Prefeitura de Dourados se pronuncia
Geral
"Bazar pelos animais" pretende ajudar cerca de 450 bichanos de protetoras voluntárias
Geral
De MS para o Brasil, Ana Castela é a artista mais ouvida no Spotify em 2023
Geral
Cadeiras de rodas produzidas por presidiários são colocadas para doação
Geral
Ministério Público de MS leva prêmio em 4 categorias de concorrência nacional

Mais Lidas

Geral
Fiel denuncia casos de abuso sexual e omissão dentro da El Shaddai
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
Polícia
Homem que matou e estuprou mãe e filhas queria roubar a casa no Mato Grosso
Justiça
"Prisão banalizada", diz advogado de adjunto da educação