Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Motorista sem CNH perde controle da direção e capota na BR-262

No carro estavam três pessoas, todas tiveram ferimentos leves e forma encaminhados para a UPA de Corumbá

16 abril 2018 - 09h22Da redação

Na manhã de sábado (14) três pessoas ficaram feridas em um capotamento na BR-262 em Corumbá. O motorista, que não tem CNH, perdeu o controle da direção e capotou o veículo depois de passar em um buraco.

De acordo com o Corpo de Bombeiros a viatura de resgate se deslocou até a BR 262 uns 10 km passando a ponte do Rio Paraguai, 85 km da área urbana de Corumbá, onde houve o capotamento do veículo.

O veículo seguia de Campo grande a Corumbá e segundo o motorista ao passar por um buraco na pista veio a perder o controle da direção capotando o veículo.

No veículo estavam três pessoas: o motorista de 57 anos apresentava escoriações na face e a suspeita de fratura na clavícula esquerda e luxação no cotovelo esquerdo, a passageira de 83 anos mulher, apresentava corte no nariz, corte no supercílio esquerdo, escoriações nos braços e luxação no joelho direito, e a terceira vítima de 52 anos escoriações nos braços. Depois dos primeiros socorros foram todos transportados até a UPA. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mazzotti destaca combate a corrupção ao assumir o comando da PF
Geral
Despejo clandestino de esgoto nos córregos é combatido pela prefeitura
Geral
DOF apreende quase 400 caixas de narguilé
Geral
Estudantes distribuem mais de 200 mudas frutíferas
Geral
Combate ao aedes é intensificado em 12 bairros
Geral
Marcola, líder do PCC, é transferido para presídio federal em Brasília
Geral
Agora é Lei: assistentes sociais vão trabalhar 30 horas semanais
Geral
Saúde do trabalhador de enfermagem será debatida em audiência
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Geral
Leroy Merlin é autuada por divergência de preços

Mais Lidas

Oportunidade
JBS tem 30 vagas em Campo Grande
Polícia
Adolescentes desaparecidas são encontradas em SP
Geral
Trabalhadores protestam contra reforma da Previdência
Opinião
Contemporaneidade ou pré-julgamento?