Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99647-9098
Governo - campanha estado que cresce - Topo
Geral

MS tem a 8ª maior taxa de mortes de crianças e adolescentes em acidentes

20 julho 2012 - 10h22Marcelo Victor / Arquivo

Mato Grosso do Sul tem a oitava maior taxa de mortes de crianças e adolescentes por acidentes de trânsito no país. A informação é do “Mapa da Violência 2012 – Crianças e Adolescentes”, com dados sobre óbitos de pessoas com menos de um ano a 19 anos.

Conforme a pesquisa, o estado faz parte de um preocupante grupo das 10 unidades federativas que ostentam taxas acima do patamar de dez mortes para cada 100 mil crianças e adolescentes. A lista é formada por Paraná, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Santa Catarina, Piauí, Mato Grosso do Sul, Espírito do Santo e Sergipe.

Em 2010, em Mato Grosso do Sul, 98 pessoas com menos de 19 anos morreram em acidentes de trânsito. Desta forma, a taxa de óbito por cem mil habitantes chega a 11,7. Em 2000, a taxa era de 9, quando o estado ocupava a 12ª posição no ranking nacional. Em Campo Grande, foram 26 óbitos em 2010.

Tragédias como o desfecho da vida de Marcos Martins, que morreu aos 11 anos na avenida Gury Marques, em frente à rodoviária. O acidente foi em fevereiro de 2010. Ele estava na garupa da motocicleta pilotada pelo avô, quando caiu e foi atingido por um caminhão caçamba.

Os dados nacionais apontam que até um ano a maior proporção de mortes de crianças se registra como ocupantes de veículo automotor. Até os 14 anos de idade, a maior incidência dos acidentes acontece quando transitavam a pé pelas ruas. Entre 15 e 19, a maior proporção encontra-se entre os motociclistas.

Assassinatos
Já os homicídios vitimaram 93 crianças e adolescente no Estado. Em 2010, foram 108 mortos. Com a redução, Mato Grosso do Sul passou do nono para o 18º lugar no quadro de estados com maior taxa de crimes.

No comparativo nacional entre as capitais, Campo Grande tem a segunda menor taxa de homicídio dessa faixa etária a cada 100 mil habitantes. Em 2000, com taxa de 19,7 a capital sul-mato-grossense ocupava o 15º lugar no ranking nacional.

Na ocasião, foram 51 óbitos. Em 2010, foram 26 mortes e a cidade só ficou atrás de São Paulo, que tem a menor taxa nacional.

Suicídio
No panorama nacional, Mato Grosso do Sul registrou em 2010 a maior taxa de suicídio de crianças e adolescentes: 4,3 em 100 mil habitantes. Ao todo, foram 36 suicídios. No Brasil, a taxa é de 1,1. No estado, foram 91 mortes por outros acidentes, como afogamento e quedas.

Via Campo Grande News

Peniel - amigos da pizza

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Motorista fica em estado grave após colidir carro contra coqueiro em MS
Geral
Google oferece capacitação profissional gratuita para mulheres
Geral
COVID - Morre o jornalista Valdenir Rezende, aos 55 anos
Geral
Galo usado em rinha ilegal mata o próprio dono
Geral
Aposta do Rio leva sozinha prêmio de R$ 49 milhões da Mega-Sena
Geral
Estado e Receita Federal avaliam alfandegas nas fronteiras
Geral
Encerra amanhã as inscrições para concorrer a 150 apartamentos na capital
Geral
Júnior Mochi com Covid
Geral
Jovem de 18 anos morre em acidente de moto
Geral
Prêmio de R$ 30 mi pode ser pago na Dupla de Páscoa

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio