Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Geral

No interior de SP velório é interrompido porque família achou que mulher estava viva

06 outubro 2012 - 22h08Reprodução / TV Tem

Em Pederneiras, SP, um velório foi interrompido na sexta-feira (05) porque os amigos e familiares de uma idosa morta acharam que ela estivesse viva. Eles disseram que a mulher até se mexeu no caixão. O caso deu o que falar na cidade e o Serviço Móvel de Urgência e Emergência, o Samu, foi chamado para socorrer a falecida.

O que era para ser um velório comum acabou se transformando em uma confusão. As flores da coroa chegaram a ficar espalhadas pelo chão. O corpo de Maria Aparecida da Silva, de 63 anos, foi retirado às pressas. Tudo porque a doméstica Vaní Morais Ferreira sentiu um aperto de mão da amiga falecida.

"Eu falei: se ela estiver viva então ela mostra para mim, aí ela apertou a mão. Naquela hora deu uma emoção que eu comecei a chorar, mas chorar de alegria. E vendo aquela situação, eu pensei que ela estava viva, porque pessoa morta não vai apertar a mão de ninguém", conta.

A polícia e o Samu de Pederneiras foram acionados pela família. Fotos tiradas com um celular mostram as equipes médicas examinando a mulher que foi levada para a ambulância com caixão e tudo. “Foi feita toda a avaliação, pressão arterial inaudível, sem movimento respiratório, sem pulso”, explicou a enfermeira do Samu Karina Kuyumjian.

O corpo da idosa foi levado para a santa casa de Pederneiras. Os médicos chegaram a fazer uma nova avaliação a pedido da família, mas logo constataram que era realmente um engano e que a mulher já estava morta. O médico que estava de plantão no hospital explicou o mal entendido.

"Com o processo de decomposição do corpo a pessoa tende a ter alguma rigidez com o passar de horas, então provavelmente a rigidez da mão fez a sensação da família achar que a paciente estava apertando a mão", afirmou Gabriel Bresciani, clínica geral.

O laudo do IML atesta que Maria Aparecida morreu de insuficiência respiratória na manhã de sexta-feira (05). O corpo dela foi liberado e levado de novo ao velório. “Para mim foi uma surpresa muito forte. Eu fiquei tão assustado que comecei a tremer perto dele”, contou o cunhado da idosa Aparecido Batista Ribeiro. O corpo da idosa foi enterrado na manhã deste sábado (06).

Via G1

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo: batida entre motos nas Moreninhas deixa jovem gravemente ferido
Geral
Câmara convida Mandetta para falar sobre pandemia
Geral
Acumulou! Mega-Sena deve pagar R$ 33 mi no sorteio na quarta-feira
Geral
De tornozeleira, Sara Winter faz unha e cabelo em casa
Geral
Caixa conclui hoje depósitos do auxílio de R$ 600 para 6,5 milhões
Geral
Novo sistema de satélite permite monitorar desmatamento em tempo real
Geral
Bolsonaro sobrevoa áreas afetadas por ciclone em Santa Catarina
Geral
Caixa volta hoje a realizar sorteios da Loteria Federal
Geral
Salário de servidores públicos estaduais já está disponível para saque
Geral
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 mi neste sábado

Mais Lidas

Saúde
Entenda porque exercícios físicos na quarentena talvez não seja tão bom assim
Polícia
Dezenas de presos fogem de cadeia na madrugada
Polícia
Fugindo de "tribunal do crime", homem invade casa e se tranca no banheiro
Geral
Vídeo: batida entre motos nas Moreninhas deixa jovem gravemente ferido