Menu
Menu
Busca sábado, 13 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Geral

Órgão especial do TJMS derruba liminar e autoriza trabalho de operadores de vans no Estado

01 março 2012 - 10h53Reprodução
Melhores do Mundo - Jul24

Foi derrubada a liminar da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan) que proibia a operação autônoma do transporte intermunicipal de passageiros no Estado. A decisão foi tomada após a votação no órgão especial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) que resultou em 6 votos a 3.

A Agepan tinha conseguido a suspensão da liminar expedida no dia 16 de dezembro pelo juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Campo Grande, Fernando Paes de Campos. O juiz concedeu liminar até a organização das licitações “que precederão as outorgas definitivas das concessões dos serviços mencionados na impetração, sejam revalidadas as autorizações já concedidas aos cooperados”.

As vans voltam a atuar em 12 municípios com a autorização judicial, segundo O presidente da Coopervans do Pantanal, Antônio Claudio Mendes. No Estado, 35 empresas atuam no serviço. A decisão ainda cabe recurso.

Antônio Cláudio revela que aguarda uma solução, prometida pelo governador André Puccinelli (PMDB) em setembro do ano passado. Segundo ele, Puccinelli está estudando uma possibilidade de incluir o serviço no sistema.

Entenda
O Governo de Mato Grosso do Sul deixou de conceder autorização para os empresários com mais de cinco anos de contrato, baseado no decreto nº 9234/1998, que estabelece prazo máximo de cinco anos para as liberações.

Em dezembro, o governador André Puccinelli (PMDB) declarou que estava excluída a possibilidade de abrir uma licitação específica para resolver o problema com as vans. Desta forma, os proprietários de vans terão que assumir os novos itinerários, caso as empresas vencedoras da licitação não queiram atender determinado trajeto.

Puccinelli explicou que as empresas que venceram a atual licitação reclamaram que as vans não cumprem com todas as obrigações e assumem linhas que deveriam ser deles. Caso não vença a nova licitação, os donos de vans terão que atuar em atendimento complementar, como nos casos onde não é interessante para as empresas que vencerem a licitação.

Reportar Erro
Melhores do Mundo - Jul24
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
Geral
O fim de uma era: Primeiras notas de real vão parar de circular
Caminhão-pipa atuando na Afonso Pena
Geral
JD1TV: Empresários elogiam cuidado com canteiros da Afonso Pena durante estiagem
Arquidiocese de Campo Grande
Geral
Padre da Capital é afastado após sermão contra petistas e ministro do STF
MS registra 19 mil MEIs no primeiro semestre de 2024
Geral
MS registra 19 mil MEIs no primeiro semestre de 2024
Imagem Ilustrativa
Brasil
CNJ pede explicações após Justiça negar aborto legal a adolescente estuprada de 13 anos
Rosinha recebe título de cidadão campo-grandense de vereador em 2007 -
Justiça
Justiça 'luta' para encontrar empresário solto após prisão na Operação Tromper
Maria Eloir Flores Vilante -
Interior
Cargo fantasma rende condenação de vereadora em Mato Grosso do Sul
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 12/07/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 12/07/2024
Ministério Público Federal (MPF) -
Interior
Combate ao racismo religioso é tema de seminário em Dourados nesta sexta-feira
Iza e Yuri Lima
Geral
Iza expõe traição de Yuri Lima e ele pode não acompanhar o parto da filha do casal

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas
Caso foi registrado na Depac Cepol, em Campo Grande
Polícia
Jovem denuncia ameaças sobre cobranças e agiota é preso em Campo Grande
Clima ficará ameno com a passagem da frente fria
Clima
Frio se mantém mesmo com máximas voltando a subir em MS nesta quinta-feira