Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Geral

Procon autua lotéricas de Terenos e Rio Verde de Mato Grosso

Demora excessiva no atendimento foi o motivo da autuação do Procon aos estabelecimentos

13 dezembro 2018 - 09h20Da Redação

Na última terça-feira (11), após denúncias recebidas foram constatadas inúmeras irregularidades durante um ação de fiscalização realizada em casa lotérica situada no município de Terenos pela equipe da Superintendência para Orientação e Defesa Do Consumidor (Procon-MS), órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedast).

Na casa lotérica que funciona também como correspondente bancário credenciado pela Caixa Econômica, o Procon registrou que existe uma demora excessiva no atendimento que muitas vezes excede a duas horas.

Durante a fiscalização um idoso e morador da zona rural relatou aos fiscais que retirou a senha preferencial às 8h39 e que era 10h58 e ainda permanecia à espera do atendimento. Segundo suas declarações o problema se torna ainda pior dada à falta de sanitário na lotérica que possa ser utilizado por usuário. “Nem mesmo água que possamos beber não tem aqui”, afirma o consumidor.

Nesse mesmo rol de reclamações, usuária moradora nas proximidades disse que chegou às 8h07, retirou a senha e voltou para casa “para tomar chimarrão”. Às 9h58, retornou e ainda faltavam algumas senhas para chamar a sua. Mas, as irregularidades não se limitam a estas. O estabelecimento dá prioridade para pessoas que desejam fazer jogos.  Quem for apostar e pretendem outros tipos de atendimento, é prioridade.  Só chamam os que necessitam de outros serviços depois de esgotadas essas senhas.

“A prática se configura em “venda casada”, prática abusiva prevista no inciso um do artigo 39 da Lei Federal 8.078/90”, observa o superintendente do Procon Estadual Marcelo Salomão. A casa lotérica não dispõe de Código de Defesa do Consumidor para uso dos clientes, na placa de atendimento preferencial não consta nada que se refira aos Portadores de Espectro Autista e nem mesmo registro eletrônico da  saída da pessoa que passou por atendimento, entre outras irregularidades.

Em Rio Verde de Mato Grosso

Equipe do Procon Estadual se deslocou, também em atendimento a  reclamações de consumidores e  a pedido do Procon Municipal  local,  para a cidade de Rio Verde  de Mato Grosso. Naquele município os alvos da  fiscalização foram casa lotérica, agência do Correios e do Banco Bradesco.

Nesses locais se repetiram irregularidades como inexistência de atendimento prioritário no Bradesco, ficando os clientes, indistintamente em uma mesma fila e falta de senha com registro eletrônico para tratar de assuntos nas mesas, não podendo ser verificada a demora.

A falta de senha eletrônica foi a irregularidade mais recorrente nos Correios onde  se registram longas  filas,  o mesmo ocorrendo na casa lotérica. Além disso, nesse estabelecimento ficou constatada a falta de sanitários para uso das pessoas que necessitam do atendimento no local. Em todos os casos fiscalizados foram expedidos autos de autuação e concedido prazo para defesa.

Em relação às irregularidades, Marcelo Salomão afirma que “normalmente o consumidor não tem conhecimento dos seus direitos e, via de regra, não sabe onde se dirigir para reclamar. Por isso, o Procon Estadual está sempre à disposição da população para encaminhar soluções às demandas apresentadas”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
PM se acidenta em perseguição e precisa de ajuda para pagar cirurgias
Geral
Obra que discute direito regulatório e atuação da administração pública é lançada no STJ
Geral
Energisa investe em projeto para economizar energia no Fórum de Corumbá
Geral
Secretário de Segurança Pública elogia Operação Boas Festas
Geral
Projeto poderá proibir corte de energia do consumidor
Geral
Saque do FGTS está liberado para nascidos em setembro e outubro
Geral
Mulher sofre lesões graves ao ser pisoteada por búfalos
Geral
Boletos do IPVA 2020 começam a ser entregues a donos de veículos
Geral
Fábio Trad homenagea APAE em sessão solene na Câmara
Geral
Chuva não interfere e aeroporto opera sem atrasos e cancelamentos nesta manhã

Mais Lidas

Brasil
Mercosul eleva limite de isenção para viagens no exterior
Polícia
Vídeo: Confusão no centro, estacionamento fecha e mulher fica "a pé"
Geral
PM se acidenta em perseguição e precisa de ajuda para pagar cirurgias
Geral
Obra que discute direito regulatório e atuação da administração pública é lançada no STJ