Menu
Busca domingo, 05 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Procon proíbe venda de 'Whopper Costela' do Burguer King desta vez

Após McPicanha sem picanha, sanduíche Whopper Costela virou alvo de reclamações dos consumidores, por ter apenas aroma de costela

02 maio 2022 - 17h45Brenda Leitte

Após a polêmica envolvendo o sanduíche MCPicanha vendido pela rede de fast food McDonald’s, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) proibiu nesta segunda-feira (02) a comercialização do sanduíche Whopper Costela do Burger King, no Distrito Federal. A empresa foi autuada por propaganda enganosa. As informações são do Metrópoles.

A fiscalização ocorreu após uma denúncia sobre o fato do sanduíche Whopper Costela não conter o corte costela na composição. Em decorrência da notícia, fiscais do Procon deram início ao procedimento interno de investigação para averiguar o fato.

De acordo com a publicidade do produto, as informações da composição divulgadas no site do Burger King trazem o seguinte comunicado: “Hambúrguer produzido à base de paleta suína e aroma de costela”.

Porém, com a apuração dos fatos, o Procon constatou que há a adição de aromatizante no preparo do hambúrguer, mas não a presença da carne de costela em si. A informação sobre a real composição do sanduíche não é disposta de modo claro e ostensivo na publicidade do produto, induzindo o consumidor a erro e caracterizando-se como publicidade enganosa, alega o instituto.

“Mais uma vez, vemos uma grande rede cometendo infração grave na publicidade de seus produtos. No caso do Burger King, a forma como o nome ‘costela’ é utilizado e como é feita a publicidade do sanduíche levam o consumidor a entender se tratar de sanduíche feito de costela, e não que contém apenas aroma de costela. Se não está claro para o consumidor, é publicidade enganosa”, defende o diretor-geral do Procon, Marcelo Nascimento.

Em nota, o Procon do Distrito Federal informou que a medida é cautelar e justifica-se pela urgência em se coibir infração que atinge um grande número de consumidores. “Portanto, o Burger King não pode vender o sanduíche Whopper Costela até a correção total da publicidade, sob pena de sofrer sanções como multa, apreensão dos produtos ou interdição do funcionamento das lojas da rede”, declarou.

Veja o que diz o Código de Defesa do Consumidor:

“Artigo 37. É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.
§ 1° É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo envia nova comitiva para prestar socorro à indígenas Yanomami
Geral
Já apostou? Mega-Sena sorteia R$ 135 milhões neste sábado
Geral
Mutirão da CNH Social acontece hoje no Pátio Central Shopping
Geral
Você e seus amigos na área Vip: JD1 sorteia ingressos para o Campo Grande Musik
Geral
JD1TV: Show é interrompido após "peidinho" dentro de bar
Geral
Corpo de Bombeiros orienta motoristas em caso de acidentes no trânsito
Geral
Janine segunda-feira às 9h no JD1
Geral
Alexandre de Moraes confirma conversa com senador Marcos do Val
Informe Publicitário
Sebrae/MS apresenta principais ações para apoiar pequenos negócios em 2023
Geral
Morre o estilista espanhol Paco Rabanne

Mais Lidas

Polícia
Mãe desaparece com filho de 6 anos e preocupa família na Capital
Interior
Raio mata 16 cabeças de gado e causa prejuízo de R$ 60 mil a pecuarista de MS
Polícia
Entregador de aplicativo é preso enquanto fazia entregas de "disk droga"
Polícia
Colisão entre carro e viatura do Batalhão do choque deixa feridos na Capital