Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Geral

Reforma pode sofrer alterações no Congresso, diz Major Vitor Hugo

O líder do governo na Câmara considera que as alterações aperfeiçoarão a proposta

20 fevereiro 2019 - 14h14Da redação com informações da Agência Brasil

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse nesta quarta-feira (20) que a proposta da reforma da Previdência pode sofrer algumas alterações pontuais durante tramitação no Congresso Nacional.

Para o deputado, as mudanças serão para “aperfeiçoar a proposta”. Ele informou que hoje começam as conversas para a construção da base de apoio do governo no Congresso. De início, a proposta será submetida à análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ),da Câmara, e depois será discutida e votada em uma comissão especial da Casa, antes de seguir para plenário. No plenário, a aprovação do texto depende de dois turnos de votação com no mínimo três quintos dos deputados, 308 votos favoráveis.

Em seguida, a proposta vai para o Senado, onde a tramitação também envolverá discussão e votações em comissões para depois ir a plenário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeito Marquinhos Trad anuncia medidas para conter danos causados por tempestade
Geral
Corpo de Bombeiros localiza a última vítima do naufrágio no Rio Paraguai
Geral
Energisa aponta 5 mil quedas de energia em MS
Geral
Neste sábado central 156 prorroga atendimentos
Geral
Prefeitura aciona equipes para reparar danos causados pela tempestade
Geral
Dourados decreta estado de emergência
Geral
Com temporal Santa Casa fica sem energia
Geral
Árvores caem e causam queda de energia na capital; Energisa emite nota
Geral
AO VIVO: Árvore cai e bloqueia trânsito na Afonso Pena
Geral
Com câncer no útero, idosa precisa de ajuda para realizar cirurgia de urgência

Mais Lidas

Cidade
Naufrágio: Sobe para seis o número de corpos encontrados no rio Paraguai
Cidade
JD1 TV: O dia mais atribulado da história
Polícia
Vídeo: Assaltantes "levam bala" de vítima ao tentarem roubar carro
Cidade
"40% da cidade já foi recuperada", diz Marquinhos