Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Seminário em memória às vítimas de acidente de trabalho acontece nesta segunda, na capital

O evento também faz parte do movimento de conscientização Abril Verde

21 abril 2019 - 10h22Da redação com informações da assessoria

Na próxima segunda-feira (22), o Seminário em Memória às Vítimas de Acidente de Trabalho, será realizado pelo Sindicato dos técnicos de Segurança do Trabalho no Estado do Mato Grosso do Sul (Sintest/MS), Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal Regional do Trabalho (TRT-24ª Região).

O evento também faz parte do movimento de conscientização Abril Verde, que acontece simultaneamente em todo o Brasil em prol da segurança do trabalhador. O seminário será na Câmara Municipal de Campo Grande, das 19h às 22h, com as seguintes palestras: ‘Saúde x Trabalho’ - ministrada pela Psicóloga  Me. Ana Carolina Perroni e ‘Os Desafios dos Profissionais Prevencionistas  nas Ações e Gestão da Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho’, ministrada pelo Técnico em Segurança do Trabalho, João Carlos Figueira.

Disseminação de conhecimentos em todo MS

Do dia 15 a 17 de abril, técnicos de segurança do trabalho, engenheiros, arquitetos, enfermeiros, médicos, gestores de RH, representantes de escritórios de contabilidade, entre outros profissionais oriundos diversas localidades do Estado de Mato Grosso do Sul participaram de um combo com dois cursos de e-Social e os requisitos de SST e PPRA com ênfase em PPP e e-Social, todos voltados à mobilização quanto à adequação à legislação trabalhista vigente para prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Os cursos ressaltam o momento atual de conscientização do Abril Verde. As capacitações aconteceram no Hotel Vale Verde no período da manhã e à tarde. Promovido pelo Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Sintest/MS), a capacitação foi ministrada por Jorge Gimenez Berruezo, profissional de destaque nacional no segmento de Segurança do Trabalho. O especialista que possui diversas formações acadêmicas, como técnico e engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro ambiental e saneamento, pós-graduado em engenharia elétrica e advogado.

Segundo o presidente do Sintest, André Luiz Ferreira, o objetivo dos cursos foi de trazer uma formação completa sobre as diversas nuances e abrangência de práticas cotidianas referentes à segurança do trabalhador, sem que os profissionais diretamente ligados ao setor precisassem se deslocar aos grandes centros urbanos para obter ampliar seus conhecimentos de SST.

“Temos diversos segmentos participando desta capacitação como frigóríficos, hospitais, empresas no ramo da construção civil, além de representantes do Poder Público, entre outros. Estamos trazendo novos conhecimentos para o estado, e o nosso objetivo é transformar e fomentar essa cultura prevencionista em Mato Grosso do Sul. Nós vamos continuar trazendo esses cursos exclusivos ao estado, sem que haja a necessidade dos nossos profissionais viajarem grandes distâncias em busca de novos aprendizados”, ressaltou o presidente do Sintest/MS.

Implementação das práticas

André Bernardo Arcângelo Marques, chefe de Seção de Segurança do Trabalho, lotado na Secretaria Municipal de Administração e Finanças de Caarapó e também diretor estadual do Sintest/MS pretende levar esse aprendizado adquirido nos cursos à Prefeitura de sua cidade. “Vou levar esse conhecimento aos servidores de RH, pois o e-Social engloba tanto os profissionais de Recursos Humanos, quanto aos que atuam na segurança do trabalho, entre eles médicos e enfermeiros do trabalho da Prefeitura de Caarapó”, salientou.

Para Régis Aparecido Moreira dos Santos, coordenador técnico da Santa Casa de Campo Grande, participar da capacitação será um diferencial no ambiente de trabalho. “É de grande importância a gente participar desses eventos para atualização na área da segurança do trabalho, tanto no e-Social, PPRA, quanto à prevenção de riscos ambientais. Nós saímos do curso com uma visão diferente de como prestar informações corretas ao governo da situação geral de onde estamos inseridos nessa área prevencionista. Somos carentes em relação a isso no estado, e o Sintest agora nos proporciona esse curso para prezar a saúde do trabalhador, com embasamento legal.”

Segundo Elisandra de Melo Azambuja, engenheira de Segurança do Trabalho do Hospital Evangélico de Dourados, o curso proporcionou uma abertura da legislação vigente de uma forma inovadora. “Como o instrutor também é advogado, ele tem uma leitura mais ampla da legislação, o que propicia a nós, profissionais, maior capacidade de interpretá-la para que possamos aplicá-la de maneira correta”, destacou.

Já o médico pós-graduado em Medicina do Trabalho, Bruno Alexandre da Silva, atua no segmento de frigoríficos em Terenos e fez questão de participar do curso. “Nós já montamos ate uma comissão com seis colaboradores para a devida aplicabilidade do e-Social na empresa. Achei muito interessante essa iniciativa do Sintest que engloba diferentes tipos de profissionais envolvidos em segurança do trabalho”.

O instrutor Jorge Gimenez Berruezo, responsável por conduzir cerca de 65 cursos do segmento ao ano em todo o país e com mais de 30 anos de experiência em segurança do trabalho na bagagem, ficou impressionado com o interesse dos participantes. “É a primeira vez que venho a Campo Grande e tinha momentos em que eu pedia para o pessoal dar uma ‘segurada’ nas perguntas para que pudéssemos prosseguir com a ementa. Foi muito gratificante e espero retornar mais vezes”, finalizou.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Assembleia Legislativa entra em recesso parlamentar
Geral
Vídeo - Vizinhos constroem casa para idosos que viviam em situação precária
Geral
"Não me Perturbe" já tem mais de 600 mil pessoas cadastradas
Geral
Justiça autoriza enterro de cães junto com donos em cemitério do MA
Geral
Sem a OAB sociedade fica desprotegida, diz Mansour Karmouche
Geral
Noiva Fashion reforça o mercado de eventos e destaca que é sempre tempo de celebrar
Geral
Marcos Pontes virá a Campo Grande para a 71ª SBPC
Geral
Voluntários doam 300 cobertas e 10 mil peças de roupas a bairro carente
Geral
Reinaldo vistoria obra no lago do Parque das Nações
Geral
Servidores municipais da ativa devem fazer recadastramento

Mais Lidas

Polícia
Família encontra adolescente que estava desaparecida
Polícia
Homem é morto a tiros dentro de casa enquanto fumava narguilé
Educação
Desligamento de professores da educação especial preocupa pais
Geral
Sem a OAB sociedade fica desprotegida, diz Mansour Karmouche