Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 02
Geral

Unei Dom Bosco finaliza novo bloco e amplia capacidade

24 julho 2012 - 09h51Reprodução

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através da Superintendência de Assistência Socioeducativa (SAS) finalizou as obras do novo bloco que integra a Unidade de Educação Interna (Unei) Dom Bosco, em Campo Grande. As obras, realizadas pela Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul), receberam um total de recursos estaduais de R$ 405 mil. O novo bloco tem capacidade para 32 jovens, divididos em oito alojamentos que possuem banheiro, chuveiro elétrico, duas camas e um beliche, obedecendo aos padrões de segurança, atendimento e visitas.

De acordo com o superintendente de Assistência Social, coronel Hilton Villassanti Romero, as novas instalações cumprem as determinações do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e representam as buscas pela melhoria da gestão do adolescente interno. “A conclusão das novas instalações representa o cumprimento das medidas do ECA, em especial o Artigo 123, que preconiza a internação em local distinto, obedecendo uma rigorosa separação por critérios de idade, porte físico e gravidade da infração. Estamos ampliando os direitos do reeducando e cumprindo efetivamente as medidas do ECA. A administração juntamente com a direção da Unidade terão mais um instrumento para auxiliar na educação dos jovens”, afirmou o superintendente.

O novo setor amplia para 86 a capacidade da Unidade e tem como principal objetivo a separação dos reeducandos mais jovens e primários, dos mais velhos e também dos que cometeram infrações graves e reincidentes. A triagem dos jovens será realizada e coordenada por uma Comissão composta pela direção e técnicos, que direcionarão os reeducandos para as novas instalações.

Para o diretor da Unei Dom Bosco, Jair da Costa Carvalho, o novo setor contribuirá na reintegração dos adolescentes e também auxiliará nas atividades educacionais já realizadas pela Unidade. “A reintegração através das Uneis começa imediatamente no momento em que o jovem chega. Por isso é importante que o reeducando primário e mais jovem tenha o seu próprio setor, diferenciado dos setores dos adolescente mais velhos e reincidentes. É um grande avanço para esta Unei, que cumpre as medidas da Lei e busca a ressocialização do reeducando”, disse o diretor.

Via Notícias MS

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Viagem com cães e gatos para a Argentina é autorizada nesta segunda
Geral
Sanesul mantém suspenso corte de água para famílias de baixa renda
Geral
Há 4 km do destino, homem perde controle da moto em curva, cai e morre
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá
Geral
Nenhum ganhador: Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 11 milhões
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Geral
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
Geral
Motoboys protestam em frente a condomínio de homem que humilhou entregador
Geral
Após atitude racista, usuário é banido do Ifood

Mais Lidas

Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde
Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus