Menu
Busca sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Internacional

Escritora Toni Morrison morre aos 88 anos

Autora foi a primeira mulher negra a ganhar o Nobel de Literatura

06 agosto 2019 - 18h10Rauster Campitelli, com informações da Agência Brasil

Primeira negra a ganhar o Nobel de Literatura, a escritora americana Toni Morrison morreu ontem (5), aos 88 anos, na cidade de Nova York. A morte foi comunicada nesta terça-feira (6) pela editora que a representava e por sua família. "Sua narrativa e sua hipnótica prosa deixaram uma marca indelével na nossa cultura. Seus romances dominam e demandam a nossa atenção", escreveu no Twitter o diretor da editora Alfred A. Knopf, Sonny Mehta.

A família de Toni Morrison informou, por meio de comunicado, que a escritora "morreu após uma breve doença". "Apesar de sua morte representar uma tremenda perda, estamos gratos por ela ter tido uma vida longa e bem vivida", afirma a nota, segundo a agência de notícias AFP.

Conhecida por descrever as dificuldades enfrentadas pela comunidade negra nos EUA, Morrison ganhou o Nobel de Literatura em 1993 e, após uma carreira de décadas, deixa um legado com obras que se destacam pela sua humanidade, como Amada, Canção de Salomão e Deus Ajude essa Criança.

O romance mais famoso de Toni Morrison, Amada, foi inspirado em uma história verdadeira e angustiante que a escritora primeiramente achou "inacessível à arte". O livro lhe rendeu o Pulitzer de ficção em 1988.

Seus outros trabalhos incluíram Playing in the Dark, uma coleção de ensaios; Dreaming Emmett, uma peça sobre o adolescente assassinado Emmett Till; e vários livros infantis de coautoria com Slade Morrison, seu filho que morreu de câncer em 2010.

Toni Morrison também escreveu sobre os horrores da escravidão e do racismo, questionando a noção simplista do bem e do mal.

Nascida em 1931 em Lorain, no estado de Ohio, Morrison formou-se em letras e lecionou em várias universidades, tendo trabalhado também como editora na Random House, num posto que lhe permitiu divulgar outros nomes da literatura afro-americana.

Sua estreia como autora ocorreu pouco antes de completar 40 anos, em 1970, com o romance O Olho mais Azul, baseado numa história de infância sobre uma criança negra que desejava ter olhos azuis e que foi assediada pelo pai.

Morrison se sentia sozinha com os dois filhos, em Nova York, quando começou a escrever

Em entrevista ao jornal The New York Times, em 1979, Toni Morrison recordou que se sentia sozinha com os dois filhos, em Nova York, quando começou a escrever. "Escrever era uma coisa que eu fazia à noite, depois de as crianças irem dormir", contou.

Após O Olho mais Azul, seguiram-se Sula (1973), Canção de Salomão (1977), Tar Baby (1981) e Amada (1987), todos eles dando voz a personagens negras e evocando questões relacionadas ao racismo, segregação e minorias.

Em 1993, quando se tornou a primeira escritora negra a ganhar o Nobel de Literatura, a Academia Sueca destacou a presença da tradição afro-americana nas obras da autora, por influência dos livros que lia e das histórias que o pai lhe contava, e da transposição desse patrimônio cultural para romances sobre redenção e integridade.

Nesta terça-feira, no Twitter, o Nobel escreveu: "Toni Morrison, ganhadora de um prêmio Nobel, morreu aos 88 anos. Ela foi uma das forças literárias mais poderosas e influentes do nosso tempo".

A escritora foi casada com o arquiteto jamaicano Harold Morrison, com quem teve dois filhos. O casal se divorciou em 1964. A escritora deixa o filho Harold Ford Morrison e três netos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Avião que combatia incêndios cai e mata três bombeiros
Internacional
China confirma 17 mortes pelo coronavírus
Internacional
Ex-marido pede a juiz uma luta de espadas para resolver divórcio
Internacional
Imagens fortes: Adolescente tem pescoço perfurado por peixe-agulha
Internacional
Mais de 200 pessoas foram infectadas pelo coronavírus na China
Internacional
Brasil assina acordo agrícola com Alemanha
Internacional
Rainha aprova saída de Harry e Meghan, mas com uma condição
Internacional
Morre menor homem do mundo com 27 anos e 67 centímetros
Internacional
Após surto de pneumonia, EUA aumenta vigilância em aeroportos
Internacional
Ensaio com cachorro acaba mal e jovem é mordida no rosto

Mais Lidas

Oportunidade
Funtrab fecha a semana com diversas vagas na capital
Brasil
Bolsonaro não recriará Ministério da Segurança
Polícia
Bebê de um ano é estuprada pelo primo de 15 anos e passa por cirurgia
Polícia
Casal sul-mato-grossense é vítima de latrocínio no Mato Grosso