Menu
Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2024
Internacional

Mais de 3 mil pessoas ficam presas em "cruzeiro da cólera" após surto da doença

Passageiros ficaram impossibilitados de atracar em porto devido possíveis risco para a saúde de quem não está na embarcação

26 fevereiro 2024 - 17h00Pedro Molina     atualizado em 26/02/2024 às 17h13

O navio de cruzeiro Norwegian Dawn, da da Norwegian Cruise Line, com 2.184 viajantes e 1.026 membros da equipe, totalizando 3.200 pessoas a bordo, não conseguiu atracar em Port Louis, na República de Maurício, após um surto de cólera ser relatado na embarcação.

Destes mais de 3 mil passageiros, cerca de 2 mil deveriam ter desembarcado em Port Louis após o término da viagem para que outros 2.279 pudessem iniciar uma nova jornada, no entanto, devido ao surto da doença a bordo do navio, isso não foi possível.

“Os passageiros que deveriam embarcar no Norwegian Dawn e iniciar seu cruzeiro a partir de Maurício hoje não poderão fazê-lo devido a potenciais riscos para a saúde”, explicaram as autoridades portuárias em nota.

Segundo o portal Cruise, especializado em notícias sobre cruzeiros, a tripulação do navio enviou uma carta aos tripulantes, pedindo desculpas pela situação que eles estão enfrentando no momento.

“Como resultado de uma decisão tomada por funcionários do governo local, não chegaremos hoje a Port Louis, Maurício, e vocês não desembarcarão do navio. Pedimos sinceras desculpas por esta situação infeliz. Fomos informados de que provavelmente poderemos desembarcar na terça-feira, 27 de fevereiro de 2024”, diz a carta.

Em nota, a Norwegian Cruise Line reconheceu a situação e afirmou que está tomando as medidas necessárias para controlar a situação.

“Durante a viagem do Norwegian Dawn à África do Sul em 13 de fevereiro de 2024, um pequeno número de hóspedes apresentou sintomas leves de uma doença estomacal. Após o regresso do navio a Port Louis, em Maurício, a equipe de gestão do navio reuniu-se com as autoridades locais para confirmar que as precauções e ações estavam a ser tomadas para garantir o bem-estar de todos a bordo. Devido aos testes adicionais exigidos pelas autoridades locais antes de ser permitida a entrada, o governo das Ilhas Maurício atrasou o desembarque do cruzeiro atual e o embarque para o próximo cruzeiro em dois dias, até 27 de fevereiro de 2024”, diz o comunicado.

 

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Internacional
Brasil e mais 16 países assinam declaração para libertar reféns do Hamas
Manifestações pró-Palestina
Internacional
Universidades dos EUA são palco de manifestações pró-Palestina
Câmara dos EUA aprova lei que pode banir o TikTok no país
Internacional
Câmara dos EUA aprova lei que pode banir o TikTok no país
Aharon Haliva
Internacional
Após ataque do Hamas em 2023, chefe do serviço secreto israelense pede demissão
Faixa de Gaza
Internacional
Presidente da Turquia discute cessar-fogo com chefe do Hamas
Juan Pedro Aleart
Internacional
Jornalista revela em rede nacional ter sido abusado sexualmente pelo pai
Dia da Maconha
Internacional
EUA comemora o Dia da Maconha
Homem põe fogo no próprio corpo em frente à tribunal onde Trump é julgado nos EUA
Internacional
Homem põe fogo no próprio corpo em frente à tribunal onde Trump é julgado nos EUA
Argentina deseja ser parceira da OTAN
Internacional
Argentina envia pedido para se tornar parceira da OTAN
Pedaço da Estação Espacial cai em casa nos EUA
Internacional
Pedaço da Estação Espacial cai em casa nos EUA

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Piscineiro tem convulsão, cai em piscina e morre afogado
Polícia
Piscineiro tem convulsão, cai em piscina e morre afogado
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
Encontrada em posição de cruz, garota de programa teria sido morta por ser 'impura'
Polícia
Encontrada em posição de cruz, garota de programa teria sido morta por ser 'impura'