Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo - Festival America do Sul
Internacional

Presidente do Conselho Europeu põe em dúvida acordo com Mercosul

Para Tusk, floresta amazônica em chamas é sinal deprimente de nossos tempos

25 agosto 2019 - 11h00Rauster Campitelli, com informações da Agência EFE

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, questionou a ratificação do acordo entre a União Europeia (UE) e o Mercosul após os recentes incêndios na Amazônia e criticou a gestão ambiental do presidente Jair Bolsonaro. As declarações foram dadas em entrevista coletiva antes do começo da cúpula do G7 neste sábado (24).

"Apoiamos o acordo UE-Mercosul, que também implica a proteção do clima, mas é difícil imaginar uma ratificação harmoniosa pelos países europeus enquanto o presidente brasileiro permite a destruição dos espaços verdes do planeta", afirmou Tusk em Biarritz, na França, onde a cúpula do G7 será realizada até segunda-feira.

Para o político polonês, que deixará a presidência do Conselho Europeu em 1º de dezembro, as imagens da floresta amazônica em chamas "se transformaram em outro sinal deprimente de nossos tempos".

Tusk, que será sucedido pelo belga Charles Michel, também ressaltou que a UE está disposta a oferecer ajuda financeira ao Brasil para o combate às chamas.

França e Irlanda ameaçaram não aprovar o acordo de livre-comércio assinado há dois meses entre a União Europeia (UE) e o Mercosul se o Brasil não cumprir os compromissos de defesa do meio ambiente.

Já a Finlândia, que preside atualmente a União Europeia, propôs a possibilidade de impor restrições às importações de carne do Brasil, maior fornecedor mundial, como forma de pressionar o país a intensificar os cuidados ambientais.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Estudo conclui que lítio pode reverter malefícios da radiação
Internacional
Cachorro nasce com rabo na testa
Internacional
Nos Estados Unidos, iniciam-se audiências sobre impeachment de Trump
Internacional
Evo Morales pretende voltar a Bolívia se a população pedir
Internacional
Brasil quer estreitar parceria com Índia
Internacional
Devido a maré alta, Veneza sofre pior inundação em 50 anos
Internacional
Brasil reconhece Jeanine Áñez como presidente da Bolívia
Internacional
Vídeo: Israel matou um dos lideres de grupo palestino e militantes reagiram
Internacional
Polícia diz que protestos estão colocando Hong Kong "à beira do colapso total"
Internacional
México concede asilo político a Evo Morales

Mais Lidas

Polícia
Família procura por jovem que desapareceu no Nova Lima
Polícia
Homem é morto por pistoleiros dentro da casa da ex-mulher
Polícia
Morador encontra corpo em caixa d'águá que estava vazando
Cidade
Cidade do Natal terá roda-gigante e carrossel gratuitos