Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_tecnico
Justiça

Justiça concede HC para João Fava

O ex-secretário foi preso no dia 31 de outubro, durante a “Operação Pregão”

26 dezembro 2018 - 07h52Da Redação

No dia 24 de dezembro, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul concedeu ao ex-secretário de Fazenda de Dourados, João Fava Neto o habeas corpus que foi impetrado pela sua defesa no dia 21 de dezembro. O ex-secretário estava preso na capital, após passar alguns dias na Penitenciária Estadual de Dourados (PED).

Fava foi preso no dia 31 de outubro, durante a “Operação Pregão”, que investiga esquema de corrupção na prefeitura do município. No mesmo dia também foi presa a ex-secretária de Educação e vereadora, Denize Portollan, que continua no Presídio Feminino de Rio Brilhante.

Na decisão, o presidente do TJ proibiu o ex-secretário de manter contato com as testemunhas do processo e de se ausentar de casa por mais de 15 dias sem comunicação prévia a justiça. Ele ainda determinou a presença de Neto em juízo todos os meses e quando intimado.

João Fava Neto é o primeiro preso durante a primeira fase da operação a ser liberado pela justiça. Permanecem detidos ex-diretor de licitação Anilton Garcia de Souza, o empresário Messias José da Silva e a vereadora Denize Portolann.

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Vinicius toma carreirão de cavalo e é expulso de ação contra Águas
Justiça
DJ Ivis é indiciado por lesão corporal, ameaça e injúria
Justiça
STF quer esclarecimento sobre votação do fundo eleitoral
Justiça
INSS não pode interromper auxílio-doença sem nova perícia médica
Justiça
"Balcão Virtual" atendimento judiciário na sua mão
Justiça
Empresa de MS pode ser multada em R$ 1 milhão por não contratar pessoas com deficiência
Justiça
Jairinho é denunciado pelo Ministério Público por estupro e agressões
Justiça
TJ condena Olarte e Bernal, por não licitar cemitérios
Justiça
Paulo Pedra e Igreja "Palácio de Deus" terão que reformar imóvel
Justiça
Contra 'fundão' eleitoral de R$ 5,7 bilhões, parlamentares acionam STF

Mais Lidas

Geral
Vídeo: 'Rapidinha' na cozinha da errado e casal é flagrado só no love
Geral
Com Covid, Arlindo Namour morre no Proncor
Internacional
Vídeo: jovem tenta gravar dança em guindaste, mas despenca e morre
Polícia
Investigação concluí que enfermeiro do HR estuprou paciente em fevereiro