Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Justiça

Justiça deve analisar o HC de João de Deus hoje

A defesa pede que seja decretada a prisão domiciliar devido a idade avançada do acusado

18 dezembro 2018 - 07h17Da Redação com Agência Brasil

O pedido do habeas corpus da defesa do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, 76 anos, pode ser decidido nesta terça-feira (18) pela Justiça de Góias. Os advogados pediram para transformar a decisão judicial de prisão preventiva em prisão domiciliar com tornozeleira, com o argumento da idade avançada e do estado de saúde de João de Deus.

A decisão ocorre no momento em que a força-tarefa, criada pelo Ministério Público de Goiás, para apurar as acusações de abuso sexual contra o médium, recebeu 506 relatos de mulheres que denunciam crimes sexuais. Há uma semana, desde que o grupo foi criado, o número de denúncias aumenta.

Pela segunda noite consecutiva, João de Deus dormiu em uma cela de 16 metros quadrados com pia e vaso sanitário, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, denominado Núcleo de Custódia. O pedido de prisão preventiva se sustentou em 15 denúncias já formalizadas em Goiânia – todas por crimes sexuais.

No domingo (16) à tarde, João de Deus se entregou em uma estrada de terra na região de Abadiânia, em Goiás. De acordo com os advogados, o lugar foi escolhido para preservar o médium. Porém, policiais confirmaram que houve uma longa negociação para ele se entregar.

Os advogados reiteram a inocência do médium e levantam dúvidas sobre o comportamento das possíveis vítimas e o conteúdo de seus depoimentos. A polícia também investiga a a movimentação de cerca de R$ 35 milhões nas contas de João de Deus.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Assistente pedagógico é condenado a 12 anos por estupro de vulneráveis
Justiça
Internos farão manutenção de espaços públicos de Campo Grande
Justiça
STJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró
Justiça
Lei anticrime entra em vigor nesta quinta-feira
Justiça
MP acusa ex-presidente da Vale e outras 15 pessoas por 270 homicídios
Justiça
OAB quer esclarecimento do BNDES sobre auditoria de R$ 48 milhões
Justiça
Defesa diz que Valler não usou cocaína e que droga era de veterinária morta
Justiça
Em nota, MPF justifica mudança para Dourados, mas não responde sobre diárias
Justiça
Depois da “fuga” de Ponta Porã, MPF evita responder sobre diárias para idas à fronteira
Justiça
Brasil fecha fronteira com Paraguai após fuga de presos neste domingo

Mais Lidas

Polícia
Após denúncia, jovem é multada em R$ 1 mil por maus-tratos a cão
Geral
Astro do basquete, Kobe Bryant e filha morrem em acidente de helicóptero
Economia
Pequenos negócios devem aderir Simples Nacional até dia 31
Polícia
Jovem motociclista morre em colisão na avenida das Bandeiras na capital