Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Justiça

STF mantém decisão de Barroso sobre demarcação de terras indígenas

Liminar suspendeu trecho da MP que devolveu a atribuição ao MAPA

01 agosto 2019 - 16h33Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (1º) manter a liminar do ministro Luís Roberto Barroso que suspendeu, em junho, trecho da medida provisória que devolveu ao Ministério da Agricultura a atribuição de realizar demarcações de terras indígenas.  

A decisão do STF foi tomada para julgar a questão definitivamente. Antes do julgamento, a Câmara e o Senado também rejeitaram mudanças nas demarcações e mantiveram os atos com a Fundação Nacional do Índio (Funai), vinculada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

A transferência das demarcações para a Agricultura estava prevista na reestruturação administrativa realizada pelo governo federal em janeiro. No entanto, em maio, a mudança não foi aprovada pelo Congresso, que devolveu a atribuição à Funai. Em junho, uma nova medida foi editada pelo presidente Jair Bolsonaro para manter as demarcações na pasta da Agricultura. Em seguida, o ministro Barroso suspendeu a nova medida a pedido do PSB, PT e da Rede. 

Ao analisar o caso, o ministro concordou com os argumentos apresentados pelos partidos e afirmou que a nova medida é inconstitucional. Segundo Barroso, o Artigo 62 da Constituição definiu que "é vedada a reedição, na mesma sessão legislativa, de medida provisória que tenha sido rejeitada ou que tenha perdido sua eficácia por decurso de prazo". 

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Justiça
Atacadão pagará R$ 15 mil a cliente acusado de furtar tequila
Justiça
Paraguai não acha provas contra Ronaldinho e ex-jogador pode ser inocentado
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS
Justiça
AO VIVO: Audiência de “fechamento” termina sem acordo
Justiça
AO VIVO: Audiência do “fechamento”, o que pensam as partes?
Justiça
Juiz barra presença de vereador em reunião de conciliação
Justiça
Indústria terá assento em audiência amanhã sobre “fechamento” da capital
Justiça
Justiça: Drogasil terá que indenizar cliente por assédio de atendente
Justiça
Caso Prior: Delegada encerra inquérito de suposto estupro

Mais Lidas

Cidade
Todos os acessos do bairro Tiradentes receberão recapeamento
Internacional
China detecta coronavírus em carne de frango importada do Brasil
Justiça
Servidor desviava materiais da Sefaz para vender
Geral
Vídeo - Cliente arranca cabelo e coloca em lanche para não pagar