Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Justiça

STF nega liberdade a Pezão

O governador foi preso na operação batizada de "Boca de Lobo"

10 dezembro 2018 - 08h41Da Redação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou neste domingo (9) liberdade ao governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que está preso desde 29 de novembro em quartel da Polícia Militar em Niterói, Região Metropolitana do Rio.

Pezão foi preso na operação batizada de "Boca de Lobo", baseada na delação premiada de Carlos Miranda, operador financeiro de Sérgio Cabral. Além do governador, outras sete pessoas foram presas. Ao todo, nove mandados de prisão e 31 de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça.

Em sua decisão, o ministro do STF, Alexandre de Moraes, avaliou que não houve ilegalidade na prisão do governador do Rio de Janeiro.

"Nessa perspectiva, na?o ha? flagrante ilegalidade na compreensa?o firmada na decisa?o atacada, pois o entendimento desta Suprema Corte aponta no sentido de que o destacado modo de execuc?a?o e a gravidade concreta do delito constituem fundamentos ido?neos a? determinac?a?o da custo?dia cautelar para resguardar a ordem pu?blica", acrescentou.

O ministro negou a liminar, mas ainda haverá julgamento de mérito.

"Assim, neste jui?zo de cognic?a?o suma?ria, na?o se identifica manifesto constrangimento ilegal ao direito de liberdade do paciente a justificar a concessa?o de medida liminar para afastar a prisa?o cautelar decretada. A controve?rsia sera? analisada na oportunidade pro?pria do seu julgamento definitivo", concluiu Alexandre de Moraes.

O ministro avalia ainda ser "imperiosa" a necessidade de se garantir a ordem pública, "evidenciada sobretudo diante de fatos concretos aos quais se atribuiu extrema gravidade e que revestem a conduta de remarcada reprovabilidade e inega?vel prejui?zo ao era?rio".

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
TJ-MS 40 anos: Entrega de homenagens a personalidades do Estado
Justiça
Bolsonaro assina decreto que protege pessoas que denunciam corrupção
Justiça
TJ atenderá pela manhã nesta quarta
Em razão da comemoração dos 40 anos do Poder Judiciário do MS
Justiça
Criança será indenizada em R$ 5 mil após tomar iogurte com inseto
Justiça
Juiz decreta nova prisão contra Jamil e Jamilzinho
Justiça
Jallad é excluído das testemunhas de defesa de Jamil Name
Justiça
Sérgio Fernandes representa MS no XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário
Justiça
TJ nega HC e Jamil segue preso em Mossoró
Justiça
Lei autoriza que cartas enviadas ou recebidas por presos sejam abertas
Justiça
Defesa quer ex-desembargadores testemunhando por Jamil Name

Mais Lidas

Economia
Industria brasileira de aço reclama de Trump
Polícia
Vídeo - Assaltantes roubam mercado Bom Preço
Polícia
Duas pessoas morreram em grave acidente na BR-262
Polícia
Presos confeccionam e barateiam custo de uniforme escolar