Menu
Menu
Busca sexta, 12 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Justiça

STF suspende julgamento do afastamento de Tânia Borges

Ministro Alexandre de Moraes pediu vista da ação da magistrada para retorno ao cargo

19 dezembro 2018 - 10h15Da Redação com Assessoria    atualizado em 19/12/2018 às 10h46

Nesta terça-feira (18), o ministro Alexandre de Moraes, da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento referente ao mandado de segurança feito pela desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) Tânia Garcia de Freitas Borges para que ela pudesse retornar as suas funções jurisdicionais e administrativas.

Até o momento, três ministros se manifestaram pela manutenção da decisão (Luiz Fux, Roberto Barroso e Rosa Weber). Eles entendem que não é possível contestar o ato do CNJ por meio de mandado de segurança, pois seria necessário o exame de fatos e provas, o que é inviável nesse instrumento processual.

O relator ressaltou que o pedido formulado na ação é incompatível com rito especial do mandado de segurança, especialmente por não estar demonstrado, por meio de prova inequívoca, ilegalidade ou abuso de poder praticado pela autoridade impetrada que demonstre violação a direito líquido e certo. O ministro Marco Aurélio divergiu. Em seu entendimento, o afastamento do cargo se deu em fase muito embrionária do processo.

O afastamento foi dado ministro Luiz Fux (relator) que manteve o ato do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que instaurou um processo administrativo disciplinar (PAD) contra ela, impedindo assim até julgamento final do PAD ela retornar ao cargo.

Caso

A reclamação disciplinar foi instaurada no CNJ para apurar indícios de possíveis infrações disciplinares da magistrada por suposta prática ilegal de influência sobre juízes, diretor de estabelecimento penal e servidores da administração penitenciária para agilizar o cumprimento de ordem de habeas corpus que garantia a remoção do seu filho, Breno Fernando Sólon Borges, preso sob a acusação de tráfico de drogas, para internação provisória em clínica para tratamento médico em Campo Grande (MS).

A defesa da desembargadora argumentou que o afastamento imposto pelo CNJ seria absolutamente injustificado porque ela teria agido como mãe e não praticado, no exercício de suas funções, qualquer irregularidade ou ilegalidade que justificasse a punição. Alegou que os indícios que embasaram a decisão destoaram dos depoimentos colhidos na instrução probatória da reclamação disciplinar e que não há fundamentação válida do ato que justifique a imposição de medida “drástica”, que “afeta, inclusive, garantias constitucionais da magistrada, como a inamovibilidade”.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

MPF pede a extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO da Americanas, da Espanha
Justiça
MPF pede a extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO da Americanas, da Espanha
Imagem Ilustrativa
Brasil
CNJ pede explicações após Justiça negar aborto legal a adolescente estuprada de 13 anos
Rosinha recebe título de cidadão campo-grandense de vereador em 2007 -
Justiça
Justiça 'luta' para encontrar empresário solto após prisão na Operação Tromper
Maria Eloir Flores Vilante -
Interior
Cargo fantasma rende condenação de vereadora em Mato Grosso do Sul
Ministério Público Federal (MPF) -
Interior
Combate ao racismo religioso é tema de seminário em Dourados nesta sexta-feira
Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira
Justiça
Convênio para entrega de presos por tráfico na Cepol é renovado por 90 dias
Projeto - HMCG
Saúde
Ação Popular põe em xeque a construção de hospital municipal em Campo Grande
Consórcio Guaicurus é condenado a pagar R$ 8 mil a idoso após acidente em ônibus
Justiça
Consórcio Guaicurus é condenado a pagar R$ 8 mil a idoso após acidente em ônibus
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz libera mudança de ex-chefe de licitações preso em operação em Sidrolândia
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Justiça
Juiz determina que Cepol receba flagrantes de tráfico de drogas

Mais Lidas

Tempo amanheceu nublado e característico de frio
Clima
Nova frente fria desembarca em MS trazendo ainda mais instabilidade
Jovem atropelado no Pioneiros morreu a poucas quadras de casa
Polícia
Jovem atropelado no Pioneiros morreu a poucas quadras de casa
Motociclista não resistiu após bater na traseira da carreta
Polícia
AGORA: Motociclista morre em acidente com carreta na Guaicurus
JD1TV AGORA: Motociclista morre ao ser atropelado por caminhão no Pioneiros
Polícia
JD1TV AGORA: Motociclista morre ao ser atropelado por caminhão no Pioneiros