Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo Segurança
Justiça

TJ manda destravar promoção de procuradores

Argumento do estado era limite prudencial de gastos com pessoal

05 agosto 2019 - 17h51Joilson Francelino

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) reconheceu nesta segunda-feira (5) a obrigatoriedade de promoção por merecimento aos procuradores do Estado, Rafael Sanson e Ludimila Santos.

A decisão unânime da 1º Seção Cível derruba o argumento do Governo do Estado de não publicar a as promoções por atingir o limite prudencial de gastos com pessoal, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os procuradores então impetraram mandado de segurança entendendo que a não publicação dos atos de promoção era ilegal, já que os dois atendiam a todos os requisitos necessários.

Na defesa dos procuradores, os advogados Daniel Castro e Thiago Grilo sustentaram que “há diversos julgados reconhecendo que a LRF não serve de fundamento para afastar o direito de os servidores perceberem legitimamente promoções asseguradas por lei”.

A decisão, segundo os advogados, serve de importante precedente para outras carreiras. A promoção no qual os procuradores tinham direito é interna.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Por unanimidade, TSE julga improcedente ação de Bolsonaro contra Haddad
Justiça
Sanesul já pode renovar concessão em Dourados
Justiça
“Desvios foram praticados por ex-diretor”, diz Odilon em nota
Justiça
Odilon alegou aposentadoria para evitar investigação no TRF-3
Justiça
Justiça aprova norma de viagens nacionais de crianças e adolescentes
Justiça
Decisão polêmica atinge Sanesul em Dourados
Justiça
Lei criada por Kemp prevê punição a atos de discriminação racial no MS
Justiça
Audiências foram determinadas pela PF dia 13 de agosto; conheça a lista
Justiça
Supremo decide manter prisão de Giroto e de seu cunhado
Justiça
Caso Danúbio Azul – Claudinei, comparsa de Nando, vai a júri popular pela morte de Malu

Mais Lidas

Cidade
Mais dois radares na Afonso Pena começam a multar
Polícia
Para fazer ex-mulher sofrer, pai mata filho de 2 anos afogado em bacia
Internacional
Tragédia – Incêndio em escola mata 263 alunos e 2 professores
Polícia
Assassino de Ronaldo assume quatro homicídios da década de 80