Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Polícia

'Alexandrinho' desobedece ordem de policiais e morre em confronto na Capital

Rapaz apontou um revólver para os militares, atingido por dois disparos e morreu a caminho do hospital

11 novembro 2022 - 10h15Vinicius Costa

Alexandre Barreto de Castro, de 27 anos, morreu na noite desta quinta-feira (10) durante um confronto com a Polícia Militar na rua da Doçura, no Jardim Parati, em Campo Grande. Ele teria desobedecido uma ordem de abordagem e sacou uma arma para os militares, que prontamente reagiram a possível ameaça.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais receberam uma denúncia de que havia um indivíduo que estava praticamento roubos no bairro. E como foi repassado as características da motocicleta, a equipe passou a realizar diligências pelas ruas do Parati.

Os policiais encontraram uma motocicleta parada em uma oficina de motos e quando foi dado o início ao procedimento de abordagem, Alexandrinho desobedeceu e durante o desembarque dos militares, ele sacou uma arma e apontou na direção dos militares, que revidaram a possível ameaça disparando dois tiros de fuzil que atingiram a região torácica do rapaz.

Após a ação, foi pedido o auxílio de equipes de socorro, mas como houve uma demora, os próprios militares socorreram Alexandre e o encaminharam para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, porém, o rapaz não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Alexandrinho estava com uma motocicleta Honda, de cor verde, e portava um revólver com 6 munições intactas. Após a chegada da Polícia Civil, foi feito todos os trâmites, inclusive envolvendo o policial que revidou a possível ameaça, apenas para protocolar a situação na delegacia.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como porte ilegal de arma de fogo e homicídio decorrente de oposição a intervenção policial.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Domingos Brazão é acusado de ser um dos possíveis mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco
Polícia
Domingos Brazão tinha HD com informações de delações contra ele, diz PF
Presídio de Segurança Máxima, em Campo Grande
Polícia
Mulher é detida após tentar entregar celular para irmão no Presídio da Máxima
Polícia Civil iniciou as investigações sobre o crime
Polícia
Jovem é esfaqueado em discussão por mulher e morre em hospital de Sidrolândia
Vítima foi atendida no UPA Coronel Antonino
Polícia
Pai é preso por esfaquear filha na orelha ao tentar repreendê-la no Danúbio Azul
Arma foi apreendida durante a ocorrência
Polícia
Odontologista é presa por tentar entrar armada em boate de Campo Grande
 UPA do Jardim Leblon
Polícia
Acusado de furto, homem é espancado por três suspeitos no Jardim Carioca
Projétil explode e homem fica ferido após tentar tirar pólvora em chácara de Ribas
Polícia
Projétil explode e homem fica ferido após tentar tirar pólvora em chácara de Ribas
Carro de Amalha poderia ser revendido na fronteira
Polícia
Como golpe não deu certo, carro de corretora seria vendido na fronteira
Fabiano já estava com um mandado de prisão em aberto
Polícia
Assassino de Amalha não pensava em fugir da Capital
Além do socorro, equipes da PMR (Polícia Militar Rodoviária) atenderam a ocorrência
Polícia
Motorista fica ferido após carreta carregada com açúcar sair da pista na MS-276

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'