Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Polícia

Após se masturbar para mulher em praça, tarado tenta agredir guardas

Ederson Antunez Aguilar, de 23 anos, foi preso em flagrante em Ponta Porã

10 setembro 2019 - 11h15Priscilla Porangaba

Ederson Antunez Aguilar, de 23 anos, foi preso suspeito de importunação sexual contra uma mulher na noite dessa segunda-feira (9), em Ponta Porã.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o caso ocorreu às 22h na Praça Lício Borralho. A vítima, de 27 anos, contou à guarnição que Ederson estava mostrando o órgão genital dele para ela, que estava trabalhando em uma loja de frente para a praça.

A mulher informou as características do acusado para a equipe de guardas que o localizaram. Ele se negou a mostrar os documentos policiais e desacatou os agentes com palavras de baixo calão.

O acusado precisou ser algemado, pois estava alterado e tentava agredir os guardas.

Ederson foi preso pela Guarda Civil Municipal de Fronteira (GCMFron) e encaminhado à Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Ponta Porã.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Polícia prende terceiro acusado de atirar e matar policial
Polícia
PM ganha nova frota com investimento de R$ 7 milhões
Polícia
Homem é suspeito de tentar matar o enteado a tiros na fronteira
Polícia
Vídeo - Câmeras flagram confusão e tiro que matou jovem em posto
Polícia
Homem é esfaqueado com sete golpes em tabacaria na Moreninha
Polícia
Após denúncia, jovem é multada em R$ 1 mil por maus-tratos a cão
Polícia
Jovem motociclista morre em colisão na avenida das Bandeiras na capital
Polícia
Motocicleta bate em carro e criança é arremessada
Polícia
Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em terreno
Polícia
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em celulares e relógios

Mais Lidas

Oportunidade
Funtrab divulga mais de 2,5 mil oportunidades de emprego no Estado
Saúde
Prefeitura entrega obra de revitalização da base do SAMU
Justiça
Criação de vagas de desembargador em MS é questionada pela OAB
Polícia
Polícia prende terceiro acusado de atirar e matar policial