Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Secovi
Polícia

"Esfaqueada enquanto dormia", diz delegada sobre mulher morta no Columbia

O marido, principal suspeito de ter cometido o crime, teria se matado após jogar a moto contra uma carreta na BR-163

22 dezembro 2022 - 15h05Brenda Leitte e Brenda Assis    atualizado em 22/12/2022 às 15h35

Em investigação sobre a morte de Claudia Franciele e o companheiro Kaio Vinicius, ocorrida nesta quarta-feira (21), a delegada da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Marianne Cristine de Souza, comentou sobre o caso à imprensa, na tarde desta quinta-feira (22). 

“Ainda é muito cedo para determinar se as lesões dele foram feitas por ele mesmo ou por um terceiro, tendo em vista a vítima. Mas segundo as linhas da investigação, há probabilidade de que ele tenha primeiro matado ela, tentado se matar e depois ocorreu um acidente, ou se teve alguma briga entre eles. Ainda não descartamos nenhuma hipótese”, informou.

Pegadas e respingos de sangue faziam parte do cenário do crime, encontrado pela polícia. "Tudo indica que ela foi morta em cima da cama, no máximo mudada de posição na própria cama, devido ao cenário que a polícia encontrou. O corpo da vítima não tinha sinais de luta corporal, dando a entender que foi morta ainda quando dormia", disse em coletiva.

Questionado sobre problemas mentais do companheiro de Cláudia, de acordo com a delegada haviam receitas de remédios controlados no nome dele, bem como cerca de três medicamentos para depressão na residência do casal. "Ainda não temos nenhum resultado de exame toxicológico que comprove que ele tinha substâncias no corpo naquele momento, o que está sendo investigado”, destacou.

“Estamos respeitando as famílias neste momento delicado, os quais os corpos estão sendo sepultados no dia de hoje. Mas eles terão que vir prestar depoimento sobre o caso”, acrescentou.

Quanto a arma do crime, a perícia recolheu uma faca no local, mas ainda não se sabe a dinâmica do crime. “Ainda não sabemos se foi usada nos dois, ou se foi usada nela no primeiro momento e logo após lavada antes de praticar as perfurações nele. Ainda vamos precisar do trabalho da perícia técnica nesse sentido”.

Sobre a relação do casal, ainda de acordo com a polícia não há registros e histórico de violência. “Mesmo aparentando ser um relacionamento sem violência, as investigações estão apurando o caso. Como não há sinais de arrombamento na casa, não validamos a hipótese de uma terceira pessoa envolvida, tendo em vista que estava tudo trancado com as chaves dos dois. Mas vale destacar que as câmeras estão sendo analisadas, para podermos verificar se há a possibilidade de mais um indivíduo na residência”. O caso está sendo investigado como possível feminicídio, e a família ainda será ouvida.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia Federal mira em empresas clandestinas de segurança em MS
Polícia
Polícia Federal mira em empresas clandestinas de segurança em MS
Ela levava os produtos em uma sacola, camuflada com a blusa de frio
Polícia
Funcionária é presa ao ser flagrada roubando refrigerantes de conveniência em MS
As inscrições devem ser feitas até 14 de junho no sistema SigFundect
Polícia
Com 600 bolsas, Fundect abre inscrições para Iniciação Científica e Tecnológica
Imagem Ilustrativa
Polícia
Pai é preso por estupro após criança ver palestra sobre violência sexual na escola
Jeep estava abandonado em frente a uma residência
Polícia
Jeep Renegade de corretora foi abandonado no Indubrasil um dia após o crime
Imagem de divulgação
Polícia
Moreninha II recebe o programa UEMS na Comunidade amanhã
Vítima procurou atendimento numa unidade de saúde no Buriti
Polícia
Mulher trans diz que foi agredida em estupro coletivo em saída de tabacaria na Capital
Investigação sobre crime contra corretora continua
Polícia
Polícia mantém silêncio em investigação após carro de corretora ser localizado
Polícia recupera computadores furtados de secretaria em Corumbá
Polícia
Polícia recupera computadores furtados de secretaria em Corumbá
JD1TV: Polícia encontra 12 kg de cocaína escondida dentro de botijão em Corumbá
Polícia
JD1TV: Polícia encontra 12 kg de cocaína escondida dentro de botijão em Corumbá

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil