Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Mulher é assassinada com requintes de crueldade, aponta Polícia Civil

Cinco pessoas, entre elas dois irmãos e a mãe deles são suspeitos pelo assassinato

05 dezembro 2018 - 10h36Da redação

A Policia Civil de Rio Brilhante por meio do Setor de Investigações Gerais (SIG) apresentou na terça-feira (4) o esclarecimento sobre o assassinato de Márcia Rodrigues Conceição, 35 anos, morta com requintes de crueldade em  agosto de 2017, na cidade de Rio Brilhante.

Cinco suspeitos foram apontados: Márlon Henrique dos Martyres, 22 anos, dois adolescentes de 16 e 17 anos irmãos de Marlon, um outro menor de 17 anos e um quinto envolvido que ainda não foi preso.

De acordo com o delegado Guilherme Sariam, a motivação do crime teria sido um desentendimento entre os suspeitos e a vítima por conta do uso de entorpecentes. Na noite do crime todos os envolvidos foram até a ‘’Estrada do Cadeado’’ a cerca de 4 Km do perímetro urbano da cidade. No local Márcia teria, segundo depoimento dos suspeitos, usado sozinha varias pedras de crack não deixando quase nada para os demais, isso acabou levando a uma seção de agressões por parte dos assassinos contra a mulher.

Márcia foi espancada até a morte com pedras e pedaços de um banco de madeira. O corpo foi despido e teve o rosto e a cabeça incendiados para dificultar o reconhecimento.

O casal de irmãos de 16 e 17 anos foram apreendidos e são acusados de outro assassinato, ocorrido em 2015, onde a vítima foi o gerente de uma frutaria, cujo o corpo foi encontrado três dias depois. A polícia apurou a participação da mãe deles, no crime. Mãe e filhos foram detidos por latrocínio (roubo seguido de morte) haja vista que a investigação demonstrou que o gerente foi morto e teve alguns objetos roubados e o interesse dos suspeitos era uma certa quantia em dinheiro que o gerente iria receber.

Um outro adolescente, de 17 anos, foi apreendido em agosto desse ano após confessar ter matado a transexual ‘’Fernanda da Biz’’ no mesmo mês. ‘’Fernanda’’ foi morta com mais de 70 golpes de faca e teve o rosto desfigurado depois de receber varias pedradas. O adolescente que é travesti, confessou esse assassinato, segundo ele, motivando por ciúmes, uma vez que a transexual estaria frequentando ‘’seu ponto’’ de prostituição próximo a uma conveniência da cidade.

O menor está recolhido em uma UNEI de Campo Grande. Ele é tratado pela polícia como um assassino extremante frio e que não demonstra arrependimento dos crimes que cometeu.

Márlon Henrique dos Martyres foi preso na cidade de Cruzeiro do Oeste, Paraná. Ele foi abordado naquela cidade e constatado que em seu desfavor havia mandão de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal de Rio Brilhante. O suspeito foi escoltado até o município onde cumprirá a pena.

Um quinto suspeito, possivelmente envolvido no crime ainda não foi localizado. 

Marlon acima com policiais e abaixo os adolescentes infratores

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Polícia
Acadêmica tenta cancelar matrícula, é multada e agride coordenadora
Polícia
Após denúncia de agressão, homem tenta matar esposa
Polícia
Dupla é presa furtando refletores do monumento Maria Fumaça
Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
"Tribunal do crime" teria sido o responsável por execução em Itaporã
Polícia
Homem tem casa invadida e morre executado por tiros e facadas
Polícia
Desesperado, homem registra furto e depois se lembra onde estacionou o carro

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil