Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Polícia

Em penitenciária, preso surta, tenta agredir internos e da cabeçada em policial

O detento chegou no local embriagado afirmando ter sido assaltado

16 agosto 2019 - 11h35Sarah Chaves

A Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência no estabelecimento penal Casa do Albergado na quinta-feira (15), em Campo Grande. O interno Jamerson Bernardo Ali, 36 anos, estava tentando agredir os agentes penitenciários, além de xingar os profissionais, ameaçou matar todo mundo.

De acordo com a polícia, Jamerson chegou no local embriagado alegando ter sido assaltado no que levaram uma quantia de R$ 7 mil, então começou a atacar os internos com injúrias, com a chegada das autoridades o autor tentou resistir a voz de comando do policial, que teve que usar o uso moderado da força.

Ao ser algemado o autor tentou dar cabeçadas no PM, que deu voz de prisão ao detento, por desacato, desobediência e resistência. Ao ser levado para dentro da cela ele cuspiu no rosto do agente, e ameaçou de morte ele e sua família

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Período de proibição da pesca termina nesta sexta-feira
Polícia
Ladrão furta carro de funerária com defunto dentro e sofre acidente
Polícia
Corpo com sinais de violência é encontrado em terreno baldio no São Conrado
Polícia
Motorista bêbado acerta poste, derruba semáforo e xinga PMs
Polícia
Dupla é presa pelo DOF com cerca de R$ 400 mil dólares de venda de cocaína
Polícia
Vídeo - Mulher dribla assaltante de moto e evita roubo
Polícia
Funcionário da Pão e Tal não reage, mas é baleado com dois tiros em roubo de malote
Polícia
Mulher morre após colidir em poste de iluminação com motocicleta
Polícia
Operação piracema tem mais de 800 kg de pescado apreendido
Polícia
Mulher procura marido que desapareceu após deixá-la no hospital

Mais Lidas

Geral
Acesso ao Informe de Rendimentos já está disponível
Geral
Ibama descobre óleo próximo a navio encalhado no Maranhão
Saúde
OMS eleva grau de contaminação do coronavírus para "muito alto"
Justiça
Desembargador prevê ''caos'' se ação do Novo for aprovada