Menu
Busca sexta, 03 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Polícia

Idoso é preso após matar a neta de 10 anos com com óleo de motor em Aral Moreira

A menina tinha mobilidade reduzida e não conseguiu se defender das agressões do avô

28 novembro 2022 - 14h12Brenda Assis

Um idoso, de 60 anos, foi preso após matar a neta de apenas 10 anos ao dar óleo de motor para ela beber na Aldeia Guayvyri, localizada na região rural de Aral Moreira. O crime teria acontecido no domingo (27).

De acordo com as informações policiais, as equipes foram acionadas pela liderança da aldeia. Eles revelaram que a menina era PcD (Pessoa com Deficiência) e apresentava mobilidade reduzida, fato este que, aliado à sua pouca idade, a impossibilitava de se defender dos ataques do agressor.

O homem teria então se aproveitado disso e dado o óleo para ela beber até morrer. O autor foi detido pelas lideranças e entregue a polícia, que efetuou a prisão em flagrante.

Ele foi encaminhado para a 1° Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Gov Dengue - Jan23 Square

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Para acabar com 'randandan' em Bela Vista polícia deflagra 'Operação Zero Grau'
Polícia
Mulher denuncia o próprio marido após ele furtar a casa do vizinho em MS
Polícia
Mulher morre horas após ser atropelada em Dourados
Polícia
Acusado de matar jovem com 12 tiros na Moreninhas é preso
Polícia
Tentando fugir da polícia, motorista cai em barranco e abandonada caminhonete em MS
Polícia
Homem é preso após estuprar criança de 9 anos no Natal em Dourados
Polícia
Jovem de 22 anos morre após passar mal em jogo de futebol no Coophatrabalho
Polícia
JD1TV: 'Na cara dura', adolescente furta celular em padaria do Leblon
Polícia
Amigos não entendem morte de Biel na Moreninha: 'Tirado de forma cruel'
Polícia
Morte na Moreninhas contou com três atiradores e fuga em Pálio

Mais Lidas

Cidade
'Sorrisão doce e largo', amigas lamentam morte de Ana Karolina em acidente
Polícia
JD1TV: Recém-nascido é abandonado em caixa no Aero Rancho
Polícia
Motociclista colide em carreta e morre em Campo Grande
Polícia
"Heroizinho", bombeiros se comovem em resgate de recém-nascido