Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Imagens fortes - Vídeo mostra corpos e desespero após atentado em escola

Dois adolescentes invadiram a instituição, matam oito e depois se suicidaram

13 março 2019 - 11h05Da redação

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra pelo menos quatro corpos que supostamente seriam das vítimas do ataque ocorrido na manhã desta quarta-feira (13), na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, São Paulo.

As imagens mostram a dimensão da crueldade e algumas crianças correndo pela escola. No momento em que elas veem os corpos, começam a gritar de desespero.

A redação do JD1 Notícias também recebeu a imagem que supostamente pode ser de um dos atiradores. Na foto, ele está encapuzado, todo vestido de preto e aparentemente atirou na cabeça.

Relembre

Dois adolescentes invadiram a escola nesta manhã. O crime aconteceu por volta das 9h, durante o intervalo dos estudantes. Dados atualizados apontam que o número de mortos subiu para dez. Os dois criminosos se mataram logo após o fato.

Não há um balaço oficial de quantas pessoas ficaram feridas. A instituição possui 358 alunos do ensino fundamental e 693 do ensino médio.

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem é executado com tiros nas costas
Polícia
Polícia do RJ localiza cemitério clandestino de melícia
Polícia
Motorista de aplicativo é assaltado na madrugada desta sábado
Polícia
Em grave acidente adolescente perde os pais e fica ferido
Polícia
Falsa Farmacêutica é indiciada pela polícia
Polícia
Homem que enviava nudes a menores de idade é preso na fronteira
Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido
Polícia
Inquérito de morte em cinema é encerrado
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo

Mais Lidas

Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido