Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Polícia

Indignado por pagar mais em programa com travesti, homem diz ter sido roubado na Capital

Ele procurou a delegacia e comunicou o falso crime, agora responderá pelo delito

12 abril 2024 - 19h43Brenda Assis

Homem, de 30 anos, foi indiciado por falsa comunicação de crime durante esta sexta-feira (12), após dizer que havia sido roubado durante um programa sexual, na Vila Planalto, em Campo Grande.

Segundo apurado, na madrugada do último dia 10, foi registrado um Boletim de Ocorrência de roubo. O registro foi feito na DEPAC CENTRO (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Na ocasião, a vítima contou que contratou um programa com um transexual de 28 anos, e que logo após o término da relação teria sido ameaçado e obrigado a realizar transferência bancária, além de entregar todo o valor que possuía em sua carteira, totalizando prejuízo de cerca de R$ 1,4 mil.

Após o registro na DEPAC, a vítima acionou a Polícia Militar, que compareceu ao local onde teria encontrado a garota de programa. No local, eles orientaram o suspeito a devolver a transferência bancária feita irregularmente para o solicitante, o que foi atendido.

Ocorre que a DERF, através de sua análise criminal diária, verificou o Boletim de Ocorrência e conseguiu ao longo do dia, qualificar e conduzir a vítima, testemunha e suposta autora, para prestarem esclarecimentos na delegacia.

Já na DERF, os envolvidos foram acareados, possibilitando identificar que em verdade, o fato não se tratava de um roubo, mas sim do crime de exercício arbitrário das próprias razões, uma vez que durante o programa sexual ajustado entre as partes, houve um desentendimento quanto aos termos da relação, o que fez com que a garota de programa alterasse o valor cobrado inicialmente. Porém, diante da recusa da vítima, ela o obrigou a pagar novo valor.

A vítima, sentindo-se lesada por ter que pagar mais do que o dobro do valor contratado, procurou uma Delegacia de Polícia entretanto não contou a história toda. Assim, a suposta vítima foi indiciado pelo crime correspondente, e após todos serem ouvidos, foram liberados.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prisão foi efetuada pelo Garras
Polícia
Foragido, 'Favela' é detido visitando namorada em hospital de Campo Grande
Prisão de um dos estupradores
Polícia
Ártemis: 10 estupradores são presos pelo Choque durante operação
Foto: Álvaro Rezende
Política
Deputados votam PL da aposentadoria, assistência médico-social e auxílio de servidores
Máquinas caça-níqueis estavam em uma residência
Polícia
PM apreende 14 máquinas caça-níqueis em cassino clandestino no Jardim São Bento
A bebê foi atingida de raspão na cabeça
Polícia
Recém-nascida é atingida na cabeça por bala perdida em hospital
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Caso foi registrado na delegacia de Sidrolândia
Polícia
Condenado a 25 anos por homicídio, homem é preso em Sidrolândia
Imagem Ilustrativa
Polícia
Jovem é morto com golpes de foice na cabeça em Aldeia de Coronel Sapucaia
Depois de 'uns copos' de whisky, homem bate carro em caçamba de entulho
Polícia
Depois de 'uns copos' de whisky, homem bate carro em caçamba de entulho
Imagem Ilustrativa
Polícia
Polícia Federal deflagra operação contra abuso sexual infantojuvenil em Campo Grande

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal