Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Polícia

JD1TV: Mãe tenta matar a filha de 6 meses afogada em piscina de clube

A mulher chegou a bater a cabeça da criança na borda da piscina

15 maio 2024 - 14h11Brenda Assis     atualizado em 15/05/2024 às 14h36

Uma mãe foi presa por suspeita de tentar afogar a própria filha, de 6 meses, na piscina de um clube na Cidade Ocidental (GO), no Entorno do Distrito Federal. O caso ocorreu nessa terça-feira (14), no bairro Parque Estrela Dalva III.

Câmeras de segurança flagraram quando a suspeita, identificada como Marília dos Santos Feitosa, mergulhou com a bebê na água e, segundo testemunhas, bateu a cabeça da criança na borda da piscina.

Pelas imagens, é possível ver quando funcionários do clube se aproximam e resgatam a criança. Acionada, uma equipe do 33º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Goiás chegou ao endereço rapidamente, prendeu a mãe e encontrou a criança com funcionários do espaço recreativo.

Atitudes chamaram a atenção - As testemunhas relataram que Marília pulou na piscina, sem pedir autorização, com a bebê no colo e vestida com as roupas que usava. Por estranharem a cena, eles observaram a ação antes de agirem.

A mãe mergulhou com a bebê no colo diversas vezes, empurrou a cabeça da criança contra a borda da piscina e tentou afogá-la, segundo os relatos. Assustados, eles pegaram a bebê das mãos da suspeita, e perceberam que a menina estava sem ar.

O boletim de ocorrência do caso detalhou, ainda, que um comerciante havia chamado a polícia anteriormente, ao ver a suspeita sufocar a bebê de “forma louca” com uma mamadeira, antes de as duas chegarem ao clube.

A criança foi entregue a funcionários do Conselho Tutelar e levada para o Hospital Municipal da Cidade Ocidental, onde passou por avaliação de saúde.

Marília foi apresentada à delegacia da Central de Flagrantes de Luziânia (GO) e ficou à disposição da Justiça. A Polícia Civil de Goiás (PCGO), que investiga o caso, verificou que a mãe cumpria pena em regime semiaberto por crime de roubo.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia Federal mira em empresas clandestinas de segurança em MS
Polícia
Polícia Federal mira em empresas clandestinas de segurança em MS
Ela levava os produtos em uma sacola, camuflada com a blusa de frio
Polícia
Funcionária é presa ao ser flagrada roubando refrigerantes de conveniência em MS
As inscrições devem ser feitas até 14 de junho no sistema SigFundect
Polícia
Com 600 bolsas, Fundect abre inscrições para Iniciação Científica e Tecnológica
Imagem Ilustrativa
Polícia
Pai é preso por estupro após criança ver palestra sobre violência sexual na escola
Jeep estava abandonado em frente a uma residência
Polícia
Jeep Renegade de corretora foi abandonado no Indubrasil um dia após o crime
Imagem de divulgação
Polícia
Moreninha II recebe o programa UEMS na Comunidade amanhã
Vítima procurou atendimento numa unidade de saúde no Buriti
Polícia
Mulher trans diz que foi agredida em estupro coletivo em saída de tabacaria na Capital
Investigação sobre crime contra corretora continua
Polícia
Polícia mantém silêncio em investigação após carro de corretora ser localizado
Polícia recupera computadores furtados de secretaria em Corumbá
Polícia
Polícia recupera computadores furtados de secretaria em Corumbá
JD1TV: Polícia encontra 12 kg de cocaína escondida dentro de botijão em Corumbá
Polícia
JD1TV: Polícia encontra 12 kg de cocaína escondida dentro de botijão em Corumbá

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil