Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Polícia

Mãe de criança morta por estupro na Capital deixou os filhos para ir beber

A mulher foi presa em flagrante por abandono de incapaz

12 dezembro 2022 - 09h30Sarah Chaves e Vinicius Costa    atualizado em 12/12/2022 às 10h40

Após uma criança de 11 anos não resistir a um estupro e espancamento na noite de domingo (11), no bairro Nossa Senhora das Graças, região da Vila Nasser, a delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam) pediu a prisão preventiva da mãe da criança que deixou os três filhos sozinhos por mais de sete horas na noite do crime.

De acordo com relatos da delegada Karen Viana de Keiroz, a quipe foi acionada por volta das 00h. Ao chegar no local, o Corpo de Bombeiro, Polícia Civil e perícia já estavam no local com a criança sem vida. Eles foram acionados por um vizinho.

Os bombeiros tentaram reanimar a vítima por mais de uma hora, mas sem sucesso, a menina foi encontrada no chão da cozinha e estava com sangramento nas partes íntimas, além de machucados no rosto, o que segundo a delegada, indica que também houve espancamento, há suspeita de que algum instrumento possa ter sido usado no crime, mas nada foi encontrado no local. Os dois irmãos, uma criança de 3 anos e um bebê de alguns meses também estavam na casa no momento do crime.

Uma das testemunhas contou que no começo da noite, ouviu um homem chegar na casa e perguntar para a criança se a mãe dela estava, a menina respondeu que não e o autor falou que tinha um dinheiro para entregar a ela, depois disso, o vizinho conta que foi ao banheiro e ao retornar viu o homem indo em direção contrária.

A porta da frente estava trancada, mas a porta do fundo havia sido encostada apenas com o peso de uma máquina de lavar, e foi por onde a mãe entrou e encontrou a filha no chão, momento que os vizinhos também chegaram.

À Polícia, a mãe contou que ingeria bebidas alcoólicas desde às 12h de domingo (11), e saiu de casa por volta das 15h e deixou os filhos de 11 anos, 3 anos e o bebê trancados em casa, ela conta que faz programas para se sustentar, mas que não leva homens para casa quando os filhos estão lá, no entanto os vizinhos, contaram que no local “entra e sai” homem sempre, as crianças estando ou não na residência.

A mulher, identificada como Inesita de 39 anos disse que não sabe quem poseria ter cometido o crime e foi presa em flagrante, por abandodno de incapaz e passará por audiência de custódia. As outras duas crianças foram levadas pelo Conselho Tutelar e serão encaminhadas para um abrigo. 

O caso que foi registrado como possível feminicidio, abandono de incapaz, estupro de vulnerável e homicídio doloso qualificado contra menor de 14 anos e será encaminado a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

A bebê foi atingida de raspão na cabeça
Polícia
Recém-nascida é atingida na cabeça por bala perdida em hospital
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Caso foi registrado na delegacia de Sidrolândia
Polícia
Condenado a 25 anos por homicídio, homem é preso em Sidrolândia
Imagem Ilustrativa
Polícia
Jovem é morto com golpes de foice na cabeça em Aldeia de Coronel Sapucaia
Depois de 'uns copos' de whisky, homem bate carro em caçamba de entulho
Polícia
Depois de 'uns copos' de whisky, homem bate carro em caçamba de entulho
Imagem Ilustrativa
Polícia
Polícia Federal deflagra operação contra abuso sexual infantojuvenil em Campo Grande
Depac de Dourados, onde o caso foi registrado
Polícia
Homem espanca esposa e joga filha de 2 anos no chão durante briga em Dourados
Imagem ilustrativa
Polícia
Rapaz empina moto na frente de viatura e 'showzinho' acaba na delegacia na Capital
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal
Ítalo Ribeiro morreu durante a madrugada de domingo
Polícia
Socorrido em estado gravíssimo, motociclista morre após acidente na BR-163

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal