Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Polícia

Mulher é espancada até abortar o filho e morre dias depois em Dourados

O marido da vítima seria o principal suspeito do crime

29 fevereiro 2024 - 10h10Brenda Assis     atualizado em 29/02/2024 às 10h12

Gisely Duarte Galeano, de 35 anos, morreu dias depois de ser espancada pelo marido, abortar e perder o filho. Ela era moradora da cidade de Ponta Porã, mas por conta de seu estado de saúde estava internada no Hospital da Vida, em Dourados, quando faleceu na manhã de quarta-feira (28).

Conforme as informações iniciais, divulgadas pelo Ponta Porã News, a vítima havia sido agredida no dia 3 de fevereiro. Na ocasião, ela chegou a registrar um boletim de ocorrência contra o suspeito, mas aceitou reatar o relacionamento com ele.

Porém, a irmã da vítima contou as autoridades policiais que foi até a casa de Gisely, já no dia 19 de fevereiro, mas acabou sendo apenas recebida no portão, indo embora em seguida. A testemunha relatou ter tentado manter contato com a irmã, mas sempre que ligava a chamada caia na caixa postal.

Preocupada, ela retornou até o imóvel de Gisely, entrando no local e encontrando a irmã deitada no sofá, usando uma calça, vestido por cima e uma toca, enquanto reclamava de dores abdominais. O que chamou a atenção da testemunha.

De imediato, a vítima foi encaminhada para o Hospital da Cassems de Ponta Porã, onde a equipe médica constatou o aborto e localizou ainda um derrame cerebral em Gisely. Devido seu estado grave de saúde, ela precisou ser transferida para o Hospital da Vida, em Dourados.

Ainda segundo as informações do site local, a vítima teria tido duas paradas cardíacas antes de ser transferida de hospital. Gisely acabou falecendo no final da manhã de ontem.

Diante dos fatos, o caso foi registrado na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procurado por falsificar dinheiro na fronteira é preso pela Interpol no Paraguai
Polícia
Procurado por falsificar dinheiro na fronteira é preso pela Interpol no Paraguai
Homens são presos por estuprarem menina de 11 anos em Coxim
Polícia
Homens são presos por estuprarem menina de 11 anos em Coxim
Morador de Bataguassu é assassinado em fazenda de São Paulo
Polícia
Morador de Bataguassu é assassinado em fazenda de São Paulo
Piscineiro tem convulsão, cai em piscina e morre afogado
Polícia
Piscineiro tem convulsão, cai em piscina e morre afogado
Apesar de ser solto após matar a esposa, Willames é proibido de chegar perto dos filhos
Polícia
Apesar de ser solto após matar a esposa, Willames é proibido de chegar perto dos filhos
A vítima seria usuária de drogas e fazia o caminho entre a cidade e a fazenda a pé com frequência
Polícia
Trabalhador é atropelado e morre às margens da BR-262, em Anastácio
A vítima estava internada no Hospital da Vida
Polícia
Jovem morre ao ser atingido por tiro na cabeça enquanto caminhava na MS-156
Brasileiro e paraguaio são assassinados a tiros na fronteira
Polícia
Brasileiro e paraguaio são assassinados a tiros na fronteira
Motociclista de 18 anos morre ao cair enquanto apostava 'corrida' na fronteira
Polícia
Motociclista de 18 anos morre ao cair enquanto apostava 'corrida' na fronteira
Caso foi registrado na Depac Cepol
Polícia
Jovem é ferido com tiro nas costas e nádegas em atentado no Silvia Regina

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital