Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Polícia

Polícia apreende 60 kg de drogas em caminhão do Sedex

Caminhoneiro foi preso em flagrante, e a Polícia Civil busca identificar demais integrantes de grupo

10 abril 2023 - 19h00Brenda Leitte, com G1

A Polícia Civil apreendeu 60 kg de drogas transportadas em um caminhão do Sedex, nesse domingo (9), em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O motorista foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

Os Correios dizem estar colaborando com as autoridades e que avalia as medidas contratuais cabíveis nesta situação. "As encomendas que eram transportadas pelo caminhão apreendido já seguiram o fluxo normal de entregas", diz a empresa. Veja a nota completa abaixo.

Segundo o delegado Gabriel Borges, da 3ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (DIN), as empresas não teriam conhecimento do caso porque os motoristas seriam aliciados por grupos criminosos e transportavam a droga sem alterar a rota de entrega das cargas lícitas. Ainda assim, a polícia deve investigar eventual participação de transportadoras no esquema.

"Nós fomos surpreendidos. Nós tínhamos informações [do uso de caminhões] de transportadoras, mas não dos Correios. Eram de outras empresas privadas. Então, isso nos chamou bastante atenção", diz o delegado.

A carga era de 32 kg de cocaína produzida no Peru e de 28 kg de crack. De acordo com o delegado, a cocaína poderia render até cinco vezes mais a quantidade original após ser submetida a processos químicos. Já o crack poderia render mais de 150 mil pedras.

O motorista preso, morador de Curitiba, não tinha antecedentes criminais, segundo a polícia. Ele disse aos agentes que recebeu R$ 4 mil para fazer o transporte da droga, que estava escondida na cabine no caminhão.

O caminhoneiro faria a entrega do crack próximo a um posto de pedágio em Gravataí. A Polícia Civil abordou o veículo após receber informações da remessa de drogas.

Investigação

A Polícia Civil começou a investigar o caso há cerca de três meses, depois de uma série de grandes apreensões de drogas na região. As cargas chegaram ao estado por meio de veículos de transportadoras, segundo a 3ª DIN. As entregas seriam semanais, com o transporte de meia tonelada por mês.

Conforme a polícia, criminosos do RS estariam aliciando caminhoneiros que fariam o tráfico de drogas de estados como São Paulo, Paraná e Santa Catarina. "Muitas vezes, tem algum conhecido em comum. Às vezes, um outro motorista indica. Daqui a pouco, o motorista pode estar passando por algum tipo de dificuldade financeira, o que facilita a vida para o criminoso aliciar", afirma o delegado Gabriel Borges.

A investigação agora busca identificar os integrantes do grupo criminoso.

Nota dos Correios:

"Em relação à operação Via Expressa, realizada pela Polícia Civil/RS nesse fim de semana, os Correios informam que a área de segurança corporativa da empresa está acompanhando o caso e colaborando com as autoridades competentes.

A estatal avalia as medidas contratuais cabíveis nesta situação. As encomendas que eram transportadas pelo caminhão apreendido já seguiram o fluxo normal de entregas. Os Correios enfatizam que mantêm estreita parceria com órgãos de segurança pública para prevenir crimes nos serviços postais".

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Domingos Brazão é acusado de ser um dos possíveis mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco
Polícia
Domingos Brazão tinha HD com informações de delações contra ele, diz PF
Presídio de Segurança Máxima, em Campo Grande
Polícia
Mulher é detida após tentar entregar celular para irmão no Presídio da Máxima
Polícia Civil iniciou as investigações sobre o crime
Polícia
Jovem é esfaqueado em discussão por mulher e morre em hospital de Sidrolândia
Vítima foi atendida no UPA Coronel Antonino
Polícia
Pai é preso por esfaquear filha na orelha ao tentar repreendê-la no Danúbio Azul
Arma foi apreendida durante a ocorrência
Polícia
Odontologista é presa por tentar entrar armada em boate de Campo Grande
 UPA do Jardim Leblon
Polícia
Acusado de furto, homem é espancado por três suspeitos no Jardim Carioca
Projétil explode e homem fica ferido após tentar tirar pólvora em chácara de Ribas
Polícia
Projétil explode e homem fica ferido após tentar tirar pólvora em chácara de Ribas
Carro de Amalha poderia ser revendido na fronteira
Polícia
Como golpe não deu certo, carro de corretora seria vendido na fronteira
Fabiano já estava com um mandado de prisão em aberto
Polícia
Assassino de Amalha não pensava em fugir da Capital
Além do socorro, equipes da PMR (Polícia Militar Rodoviária) atenderam a ocorrência
Polícia
Motorista fica ferido após carreta carregada com açúcar sair da pista na MS-276

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'