Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Vídeo - "Comandante" é morto a tiros em Pedro Juan Caballero

Gustavo Alvarenga seria ligado ao narcotraficante Jarvis Pavão

09 janeiro 2019 - 12h54Da Redação com Assessoria

A guerra pelo controle do crime organizado na fronteira e mais um homicídio aconteceu nesta quarta-feira (9) em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã.

O comerciante Gustavo Alvarenga, conhecido como “Comandante” e que seria ligado ao narcotraficante Jarvis Gimenes Pavão, morreu após sofrer atentado a tiros no bairro Virgem de Caacupé, na cidade paraguaia.

Ele seguia em um utilitário Mercedes Bens pela rua Teresa Caballero, próximo ao cruzamento com a 12 de Junho, quando foi atacado a tiros. Alvarenga chegou a ser levado para um hospital particular de Pedro Juan, mas morreu em seguida. Existe informações de que a vítima era proprietário da Ferronor, loja de material de construção.

Familiares e pessoas ligadas a Jarvis Pavão estariam em uma lista para serem executadas a mando de outro brasileiro, Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o "Minotauro", que luta para controlar sozinho o tráfico de drogas e armas na Linha Internacional. No mês passado, um sobrinho de Pavão escapou de um atentado a tiros de fuzil, salvo pela blindagem da caminhonete. 

 

 

 

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Jovem morre afogado em piscina do Corumbaense Futebol Clube
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ministério da Informação no Afeganistão sofre ataque
Polícia
Mulher é assaltada e estuprada em Dourados
Polícia
Ex-nomeado da Segov é investigado por usar telefone em presídio
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia
Polícia
Bandidos fingem ser clientes e trabalhadores são feitos reféns
Polícia
PMA multa mulher por colocar fogo em vegetação

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS