Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99647-9098
Polícia

Vídeo mostra momento dos tiros contra advogada na fronteira

Advogada morta em atentado defendia Jarvis Chimenes Pavão e Marcelo Pinheiro Veiga, conhecido como "Marcelo Piloto"

13 novembro 2018 - 08h46Da Redação com PontaPoranews

A advogada Laura Casuso, 54 anos, foi atacada com ao menos 14 disparos no início da noite desta segunda-feira (12), no bairro Maria Victoria, na cidade de Pedro Juan Caballero.

Laura que é advogada dos traficantes Jarvis Pavão e "Marcelo Piloto" foi atingida e levada para atendimento em uma clínica particular da cidade. De acordo com polícia, ela saia de casa e estava a caminho do seu veículo, uma Land Rover blindada, para sair do bairro.

A vítima chegou ao hospital com várias perfurações no abdômen, tórax, pescoço e membros superiores, causando lesões vasculares e múltiplas fraturas. Os médicos ainda haviam falado que o estado de saúde de Laura era delicado, mas momentos depois do anúncio do término da cirurgia, ela não resistiu e morreu.

Sobre informações da advogada estar usando colete à prova de balas, o médico falou ao site ABC Color que não trouxeram junto de Laura nenhum colete. 
 
A caminhonete utilizada pelos pistoleiros para atacar a advogada foi abandonada em uma estrada vicinal da colônia Estrela, próxima à linha divisória com o município de Ponta Porã. Polícia e a promotora de Justiça Dra. Sandra Dias, estiveram no local fazendo os levantamentos de praxe e recolheu o veículo até a sede da promotoria.

O crime

A advogada foi abordada por pistoleiros quando saía de casa. Aproximadamente 18 disparos de pistola 9mm, dos quais 14 teriam acertado a vítima. Os pistoleiros chegaram em uma caminhonete Toyota Hilux de cor preta, e um homem encapuzado desceu do veículo que estava aguardando a saída da advogada do local, e foi ao encontro dela, neste momento o pistoleiro realizou os disparos contra a advogada que caiu no local, de imediato foi socorrida por amigos em estado grave ao Hospital Regional da cidade e imediatamente atendida pela equipe médica de plantão, teve seus sinais vitais estabilizados e como precisava de mais recursos, foi imediatamente transferida para o hospital da Vida, sob forte esquema de segurança.

No Hospital, a advogada passava por cirurgia, mas não resistir aos ferimentos dos disparos recebidos e morreu.

Sennar - queimada

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Polícia prende foragido extremamente violento no Lageado
Polícia
Marido mata e enterra mulher no quintal de casa
Polícia
'Jack': Jovem apanha de sete dentro da Unei após ser acusado de estuprador
Polícia
Policial é preso suspeito de tentar estuprar menino de 12 anos
Polícia
Número de animais silvestres resgatados sobe em 59%
Polícia
Gatos aparecem envenenados e dona desconfia de vizinho
Polícia
Casal é preso por transformar casa de homem que morreu de overdose em 'boca de fumo'
Polícia
Marquinhos diz que gestão já injetou 10.1 milhões em entidades sociais
Polícia
Menino morto pela mãe era obrigado a copiar ofensas em caderno
Polícia
PF deflagra Operação para combater desvios de recursos públicos na saúde

Mais Lidas

Internacional
Vídeo: ‘Vem de chicote, algema, corda de alpinista’, policiais são pegos transando em viatura
Internacional
‘A bonequinha não sabe brincar’, homem quebra pênis durante noite selvagem
Geral
Morre o advogado Marco Antônio na capital
Brasil
Vídeo: Amor de mãe? Casal homoafetivo tortura e mata menino de 7 anos