Menu
Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024
TJMS Maio24
Polícia

Confusão no Vitinho Park com relatos de agressão vai parar na delegacia

Desentendimento ocorreu porque o parque suspendeu o atendimento durante a chuva para evitar acidentes

21 fevereiro 2023 - 15h35Sarah Chaves

Tudo começou quando os brinquedos do parque localizado no Shopping Bosque dos Ipês foram desligados em razão da chuva no início da noite de domingo (19) em Campo Grande.

A Polícia Militar foi acionada com a informação de que estaria havendo uma briga generalizada no local onde foi recebido pela Stefanny da Silva de 24 anos que relatou que chegou ao parque às 16:30h e comprou a pulseira para ficar no local até às 22:30, no entanto com o fechamento dos aparelhos por causa da chuva, ela procurou um responsável para reclamar onde então iniciaram as discussões.

A cliente passou a proferir a ameaças contra o proprietário do local dizendo que se não pudesse utilizar os brinquedos quebraria tudo, conforme relato no boletim de ocorrência registrado na Depac Centro.

Levados para a delegacia pela PM, Stephanie relatou que o funcionário do local teria desferido um soco em seu rosto e uma outra funcionária teria agarrado seus braços deixando pequenos arranhões. Ela afirma que gravou em seu celular a situação incluindo a parte em que ameaçou os funcionários e a suposta agressão.

O proprietário do Vitinho Park, Victor Sodré confirmou a discussão, porém negou que qualquer funcionário tenha agredido Stefanny.  Um dos envolvidos afirmou que somente afastou ela no momento que ela partia para sua direção dizendo ameaças. A outra funcionária também encaminhada para a delegacia alegou a mesma situação em que teria só afastado Stefanny quando teve suas roupas agarradas por ela.

Ainda conforme a ocorrência nenhum dos envolvidos desejou representar criminalmente e o celular de Stefanny foi devolvido no final da confecção do boletim de ocorrência.

Já em uma publicação feita no Facebook, no grupo 'Aonde Não Ir Em Campo Grande', Stefanny relata que chegou às 16h30 e comprou pulseiras para usar o local até às 22h, no entanto quando os brinquedos fecharam por causa da chuva, ela não gostou e segundo ela, foi procurar os responsáveis pelo local psra saber como ficaria a situação de quam já tinha comprado os ingressos. "Queria saber se eles devolveriam o valor ou daria pulseira para voltar outro dia, o dono se recusou devolver o dinheiro e se recusou a dar pulseira para voltarmos, não contente começou uma discussão generalizada dos clientes com dono do parque e ele todo debochado rodeado de funcionários",


Segundo ela, ao exigir os seus direitos e apontar o dedo na cara do proprietário do parque, uma funcionária teria ido até ela dizendo que "meteria a faca". "Nisso entrou muitas pessoas para separar e do nada surge um funcionário que fica no brinquedo Minhocão e me deu um soco. Alguns cliente tentando apaziguar e separar mais de 20 funcionários tentando me intimidar por reivindicar meus direitos, chamei a viatura fomos pra delegacia", contou.


Ela ainda firma que por estar de Havaianas, os policiais conversaram primeiro com o empresário dono do parque, pegaram seu celular e se recusaram a fazer o boletim de ocorrência. "Fiquei das 18 horas até às 22 horas na delegacia, e adivinha ? Sai sem boletim de ocorrência, pois tentaram me desanimar de todas as formas para não seguir com boletim".

No entanto o boletim foi registado no número 2835/2023.

Ao JD1 Notícias, o proprietário Victor Sodre contou que em caso de chuva, o parque fecha e não há reembolso. "Porém as pessoas podem trocar a pulseira por outra válida pela do dia".

Ele ainda afirmou que o que está sendo divulgado nas redes sociais é mentira. "Ela só maltratou todos aqui, estava muito alterada  nem o esposo dela conseguiu falar com ela".


Questionado sobre uma possível troca da pulseira para outro dia, Victor afirma que Stefanny "Não quis". "Ela queria brincar na chuva com crianças. Eu não tenho o contato dela, mas se ela quiser o valor eu o devolvo, porque ela não para de ficar falando de mim e começou a me ofender primeiro, como relatado no b.o", finalizou.

O JD1 também tentou entrar em contato com Stefanny, mas ainda não teve retorno.





Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cachorro foi morto a pauladas e corpo foi jogado em rio, no município de Carandaí
Polícia
Homem mata cachorro a pauladas e crime revolta moradores em MG
Grávida fica com 50% do queimado ao tentar acender fogão a lenha com etanol
Polícia
Grávida fica com 50% do queimado ao tentar acender fogão a lenha com etanol
Dinheiro fácil: Mulher é presa traficando maconha da fronteira para o MT
Polícia
Dinheiro fácil: Mulher é presa traficando maconha da fronteira para o MT
Polícia investiga morte de bebê na madrugada deste sábado no Serraville
Polícia
Polícia investiga morte de bebê na madrugada deste sábado no Serraville
Com várias passagens, estelionatário é preso em Corumbá após aplicar mais um golpe
Polícia
Com várias passagens, estelionatário é preso em Corumbá após aplicar mais um golpe
Bebê foi hospitalizado em Nova Iguaçu com diversos ferimentos na cabeça, boca e orelha
Polícia
Bebê de 1 ano é internado com sinais de tortura e polícia investiga o caso
Caso foi registrado na Dam de Três Lagoas
Polícia
Homem é preso por agredir a filha da ex-esposa em Três Lagoas
 Carlos Eduardo Viana Serafim morreu na noite de terça-feira
Polícia
Adolescente morre ao encostar em poste durante parada para água em futebol
Vítima foi levada para a Santa Casa
Polícia
Homem é ferido com vidro de espelho durante briga com 'amigo de caneco' no Noroeste
Homem é preso depois de estuprar menina de 9 anos em assentamento de Sidrolândia
Polícia
Homem é preso depois de estuprar menina de 9 anos em assentamento de Sidrolândia

Mais Lidas

Conhecido como 'Fumaça', Ricardo Vera, era muito conhecido no mundo do crime
Polícia
Corpo encontrado com pés e mãos amarradas e amordaçado é identificado
Área externa do Pires ficou completamente destruída
Cidade
JD1TV: Incêndio destrói parte de supermercado no São Jorge da Lagoa
Estreia nesta sexta-feira o documentário, 'Omertà, Caso Matheus'
Geral
Estreia nesta sexta-feira o documentário, 'Omertà, Caso Matheus'
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha