Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Política

Em vídeo, Olavo de Carvalho, cita Soraya e Tio Trutis em lista de “semi analfabetos", e ataca viagem

Veja o vídeo com as duras críticas do escritor

16 janeiro 2019 - 20h22Da redação

O escritor, Olavo de Carvalho, espécie de ideólogo da grande parte da direita brasileira, atacou, nesta quarta-feira (16), parlamentares brasileiros, que estão em viagem a China, para facilitar a vinda de um sistema chinês para ser usado no Brasil.

Olavo cita nominalmente  dois parlamentares eleitos por Mato Grosso do Sul, a senadora Soraya Tronhicke e o deputado Tio Trutis, ambos do PSL e que estão próximos de assumir o mandato que ele qualifica como “semi analfabetos" .

Em suas redes sociais Soraya rebate as afirmações feitas durante o vídeo pelo escritor. "Sobre as falácias da nossa viagem à China: Com todo respeito, o querido e admirado Olavo de Carvalho está mal informado sobre absolutamente tudo. Professor, cuidado com as suas fontes, estou disponível para qualquer esclarecimento", afirmou.

Confira o duro ataque de Carvalho

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
PSD municipal terá Antônio Lacerda no comando
Política
Homem se joga na frente de caminhão e morre em rodovia
Política
Em reunião, parlamentares estudam o não fechamento de comarca
Política
Advertência de Barbosinha
Política
Marçal é o preferido em Dourados, diz Instituto Ranking
Política
Fábio Trad elogiou proposta de emenda à Constituição
Política
Rose Modesto cobra de ministro retomada de investimentos na educação
Política
Vereadores aprovam recursos para obras em Campo Grande
Política
Estabelecimentos de MS podem ser obrigados a fornecer copos biodegradáveis
Política
Nelsinho Trad solicita liberação de R$ 168 milhões para MS

Mais Lidas

Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Internacional
Por engano, funcionário serve vinho de 5.100 euros a clientes