Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99647-9098
Governo - covid atitudes
Política

Maia esclarece que o DEM não indicou ministros para Bolsonaro

Três nomes do DEM estão confirmados para assumirem ministérios a partir de 2019

21 novembro 2018 - 17h58Da redação com informações da Agência Brasil

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no exercício da Presidência da República, buscou nesta quarta-feira (21), dissociar o comando do DEM das indicações, já confirmadas, para três ministérios no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, as indicações também não têm relação com a disputa para a presidência da Câmara. “As indicações não são do DEM”, afirmou.

A definição dos nomes dos futuros ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde), todos do DEM, provocou reações no Congresso, inclusive em partidos que integram o chamado centrão, que apoia Bolsonaro.

“Talvez alguns já estejam pensando na presidência querendo vincular uma coisa com a outra para tentar enfraquecer uma possível candidatura minha, que não está nem decidida porque a gente não é candidato nem só do nosso partido, nem das nossas vontades”, disse Maia.

Para o presidente da Câmara, o momento exige harmonia e equilíbrio. “A Câmara, mais do que nunca, precisa ser a Casa do equilíbrio, a Casa que ouve todos, a Casa do povo brasileiro. É isso que deve nos nortear para o próximo biênio, uma Casa que mais do que nunca consiga ouvir toda a sociedade brasileira, respeitando o espaço da maioria, mas também compreendendo que se formou uma maioria de ideias que precisa ser pautada e, se possível, na área econômica ser aprovada.”

Oficialmente, Maia ainda não assumiu que está no páreo pela reeleição da presidência da Câmara. Porém, o presidente nacional do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto, confirmou que a reeleição é prioridade para legenda. Nesta quarta-feira (21), ACM Neto se encontra em Brasília com o colega de partido e ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni.

Sennar - queimada

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Bolsonaro será investigado por fake news contra às urnas eletrônicas
Política
Ciro Nogueira toma posse como ministro da Casa Civil
Política
Carlão vai cobrar da Prefeitura vacinação de comerciários
Política
Voto impresso encarece processo eleitoral, aponta análise da PF
Agronegócio
Agricultura familiar terá auxílio
Política
CPI da Covid quebra sigilo de dados de líder do governo na Câmara
Política
CPI retoma trabalhos e ouve reverendo que negociou vacina
Política
Tereza Cristina recebe prêmio
Política
Horário de verão pode voltar, diz Bolsonaro
Política
CPI pode quebrar sigilo do líder do governo

Mais Lidas

Internacional
Vídeo: ‘Vem de chicote, algema, corda de alpinista’, policiais são pegos transando em viatura
Internacional
‘A bonequinha não sabe brincar’, homem quebra pênis durante noite selvagem
Geral
Morre o advogado Marco Antônio na capital
Brasil
Vídeo: Amor de mãe? Casal homoafetivo tortura e mata menino de 7 anos