Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Política

Paulo Corrêa exalta lei que beneficiará meio ambiente

Objetivos principais são a recuperação de áreas degradadas, redução do desmatamento, conservação ambiental

11 fevereiro 2019 - 16h12Marcos Tenório com assessoria

Em Mato Grosso do Sul, os recursos provenientes do Fundo Estadual de Defesa e Reparação de Interesse Difusos Lesados (Funles), serão utilizados para o pagamento de serviços ambientais. O anúncio foi feito na última sexta-feira (8), pelo Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

Segundo o secretário, o primeiro município beneficiado com o pagamento de serviços ambientais será Bonito, onde serão aplicados cerca de R$ 700 mil que serão provenientes do Fundo.

“Nós reservamos um recurso para o pagamento de serviços ambientais no município de Bonito, dada à situação que se encontra a questão das águas”, destacou.

O Pagamento de Serviços Ambientais foi implantado no estado através do presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Paulo Corrêa autor da lei 5.235/2018, que afirmou que a iniciativa é um grande passo e que o pagamento de serviços ambientais é uma coisa moderna.

“Quem preserva tem que ser beneficiado de alguma forma. Acho que neste segundo mandato do Governador vamos fazer um trabalho muito bom no sentido de levar progresso e desenvolvimento, mas cuidando do meio ambiente porque isso é importante”, disse.

A lei de autoria do deputado Paulo Corrêa, dispõe sobre a Política Estadual de Preservação dos Serviços Ambientais e que criou o Programa Estadual de Pagamento Serviços Ambientais (PESA), está vinculada à Política Estadual de Mudanças Climáticas, também de autoria do deputado Paulo Corrêa.

Os objetivos principais são a recuperação de áreas degradadas, redução do desmatamento, conservação ambiental e incentivo a manutenção desses serviços no estado, além de disciplinar e fortalecer a atuação do Poder Público Estadual em relação aos serviços ambientais, de forma a promover o desenvolvimento sustentável.

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
"Parar de contar mortos, e contar alunos voltando" dispara Riedel 
Política
Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Casa Civil
Política
“Atrapalha, mas tem que aturar”, diz Bolsonaro sobre Mourão
Política
Reunião de senador com Bolsonaro é adiada por problema em avião
Política
Bolsonaro diz que menos pessoas morreriam se ele estivesse coordenando a pandemia
Política
Reinaldo e Marquinhos repassam recursos para habitação da Capital nesta segunda
Política
Eleições 2022: Bolsonaro diz que filiação ao PP é uma possibilidade
Política
Bolsonaro defende tratamento precoce e critica 'Protocolo Mandetta'
Política
Escola na área rural de Caracol passará por reforma pelo 'Governo Presente'
Política
Com receita de R$ 18,47 bilhões, governador sanciona LDO para 2022

Mais Lidas

Polícia
Homem enforca familiar após piada com derrota do São Paulo para o Flamengo
Polícia
Nem após cometer suicídio jovem escapa de assalto no Jardim Noroeste
Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca aprovados em dois processos
Geral
Homem fuma maconha, escala montanha e cai de altura de 12 metros; veja vídeo